Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Não Leia
Diego de Oliveira

Sou a morte
A morte sua
Não se faça de forte
Todos temem a cheia lua

Sou um metamorfo
Tenho licantropia clínica
Arrancarei os olhos
Das pessoas que são cínicas

Eu o matarei
Quando o ver
Eu o destroçarei
Quando isso você ler

Invadirei o seu sonho
O atormentarei à noite
Eu o encontrarei
E o matarei ainda hoje

Me agurde
Espere a noite chegar
Só não se acovarde
Quando eu o esquartejar


Biografia:
-
Número de vezes que este texto foi lido: 61


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Sexo não é tudo Diego de Oliveira
Poesias My Girl Diego de Oliveira
Poesias O Código Do Amor Diego de Oliveira
Poesias Poesia Sem Palavras Diego de Oliveira
Poesias Não Leia Diego de Oliveira
Poesias É possível Diego de Oliveira
Poesias Única Diego de Oliveira
Poesias O Sangue Diego de Oliveira
Poesias Sonho de menina Diego de Oliveira
Poesias Sou Gay Diego de Oliveira

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 32.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 58821 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53317 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42459 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39512 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 36131 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 35598 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 34356 Visitas
Amores! - 33900 Visitas
Desabafo - 33498 Visitas
Faça alguém feliz - 32080 Visitas

Páginas: Próxima Última