Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
ABSOLUTAMENTE
Paulo Sérgio Rosseto

Nem tudo se revela
Quando já evidente
Seja absolutamente
Humano ou místico

Do oceano vê-se somente a superfície
Do infinito
Aquilo que o olho enxerga à frente

Cru ou verdadeiramente artístico
Somos o engano da aparência
Quando achamos que o belo
Docemente deixa de ser feio
E a feiura traduz-se
Por desconforto impertinente

Conceituamos por beleza
O que nos apreende
E repreendemos na grandeza
O que recusa o absurdamente

Se mal acreditamos no real
Que dirá deus de nossa mente!


Biografia:
Paulo Sérgio Rosseto é poeta e administrador de empresas. Natural de Guraçai - SP, passou toda a adolescência e juventude em Três Lagoas/MS. Atualmente reside em Porto Seguro/Ba. Livros publicados: O SOL DA DOR DA TERRA, MEMORINHAS - POEMAS INFANTIS, ATO DE POEMA E UMA CANÇÃO, CRÔNICAS ABERTAS - Poemas e DOCES DOSES DE POESIA - Aldravias - 2018. VERSOS de VIDRO e AREIA e também POEMAS QUE VOCÊ FEZ PRA MIM - 2019.
Número de vezes que este texto foi lido: 462


Outros títulos do mesmo autor

Poesias FOGUEIRA Paulo Sérgio Rosseto
Poesias REPÚBLICA Paulo Sérgio Rosseto
Poesias SUAVE Paulo Sérgio Rosseto
Poesias JANELA Paulo Sérgio Rosseto
Poesias ABSOLUTAMENTE Paulo Sérgio Rosseto
Poesias DISFARCES Paulo Sérgio Rosseto
Poesias GARGANTA Paulo Sérgio Rosseto
Poesias EXISTO Paulo Sérgio Rosseto
Poesias PROFUNDO OCEANO Paulo Sérgio Rosseto
Poesias ECLIPSE Paulo Sérgio Rosseto

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 151.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 34470 Visitas
eu sei quem sou - 33353 Visitas
camaro amarelo - 33295 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 33173 Visitas
sei quem sou? - 33166 Visitas
MENINA - 33120 Visitas
A menina e o desenho - 33027 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 33016 Visitas
viramundo vai a frança - 32975 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 32941 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última