Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Recomeçar
Carlos Correa

Não importa que você não lembre
Admiro essa sua particular capacidade
Estivemos próximos desde sempre
E desde lá conseguiu se erguer na adversidade

Então resolvi te trazer suas próprias orações
Porque me guiaram quando fraquejei na dor
E sei o significado intenso dessas canções
Quando reacenderam nos olhos esse antigo calor

Não preciso lhe dizer sobre o que é esperança
Muito menos da importância de acreditar
Vim aqui só para te lembrar de olhar o mar
Daquele mesmo jeito que o fazia quando criança

Quando corria e desafiava o vento
Quando o gosto salgado vinha das ondas
E não das lágrimas escapando do pensamento
Vai não tente disfarçar sei que sabe não esconda

Definitivamente não te falarei sobre confiança
Foi você que me trouxe à esperança
Então é claro e muito certo que irá se levantar
Enquanto isso ficarei por aqui gosto da música
... E a ouviremos quantas vezes for preciso recomeçar


Fiquem com Deus

Carlos Correa

Número de vezes que este texto foi lido: 28486


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Recomeçar Carlos Correa
Poesias Cálice do teu Porto Carlos Correa
Poesias Assim disseram as estrelas Carlos Correa
Poesias Visível presença Carlos Correa
Poesias Até a última lágrima Carlos Correa
Poesias Ousadia Carlos Correa
Poesias Renovação das Estrelas Carlos Correa
Poesias Alcatraz Carlos Correa
Poesias No rodapé dos sonhos Carlos Correa
Poesias ...de um doce sopro Carlos Correa

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 25.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
haicai - rodrigo ribeiro 30932 Visitas
Vivo com.. - 30888 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 30564 Visitas
eu sei quem sou - 30435 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 30413 Visitas
camaro amarelo - 30388 Visitas
sei quem sou? - 30383 Visitas
viramundo vai a frança - 30366 Visitas
MENINA - 30328 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 30313 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última