Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O HOMEM DOS QUADROS
Joelson Correia de Souza

Ainda era cedo, mas cedo para alguns pode ser tarde. Eu no assento de um ônibus lia um livro sossegado, ouvi uma voz, era de um homem que na mão tinha alguns quadros, na mochila seu trabalho e no discurso seu passado. Cedo saí de casa, mais tarde quero voltar.

Ele oferecia seus quadros, queria uns trocados e alguns dentro do ônibus ignoravam seus relatos. No discurso seus erros e nos quadros sua vida, na pintura sua esperança, no olhar seu sofrimento e em Deus sua confiança.

Testemunhado seu testemunho entendi que "Todo erro tem seu preço e para acertar custa mais caro..." Ele tinha muito, teve tudo e perdeu tudo. Ele contava seu relato e às pessoas no ônibus atentas nem ligavam para a situação caótica do transito. Quem ouvia sentia e quem contava chorava.

Cedo sai de casa e mais tarde quero voltar. Me emocionei quando ouvi ele dizer que de casa só o que tem é saudade, pois seu erro custou seu lar, sua família e sua liberdade e o fez habitar em um lugar que jamais havia estado. Disse que dormiu na rua, revirou lixo, sentiu frio, teve fome, teve medo e que tudo que queria era apenas corrigir seu erro.

Descemos na mesma parada e decidi perguntar a ele: Qual teria sido o seu erro?
Ele apenas me disse: Saia cedo e não voltava pra casa, não dei valor ao que tive e, sempre queria mais e mais. Acabei sem nada.
E mais, me perguntou: Vai trabalhar? Eu disse: Sim! Ele então "correndo" em direção ao outro ônibus, disse: Vai... Isso mesmo, mas volte para casa, faça uma coisa por vez, amanhã é um novo dia.

Então, correr para ter tudo hoje pode nos fazer acabar sem nada amanhã.



Número de vezes que este texto foi lido: 28619


Outros títulos do mesmo autor

Poesias TÃO LONGE E TÃO PERTO Joelson Correia de Souza
Poesias FRIO E CALOR Joelson Correia de Souza
Crônicas A VIDA PODE NÃO SER ESCOLA Joelson Correia de Souza
Contos PAI DA SAUDADE Joelson Correia de Souza
Contos NOS ESCRITOS DO LIVRO Joelson Correia de Souza
Poesias O MUNDO OU O CORAÇÃO Joelson Correia de Souza
Resenhas PRANTOS Joelson Correia de Souza
Poesias MUITO TAMBÉM É POUCO Joelson Correia de Souza
Poesias AME, NÃO JOGUE Joelson Correia de Souza
Resenhas ESTAR SÓ Joelson Correia de Souza

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 16.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 58717 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53276 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42430 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39466 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 36094 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 35526 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 34320 Visitas
Amores! - 33800 Visitas
Desabafo - 33417 Visitas
Faça alguém feliz - 32021 Visitas

Páginas: Próxima Última