Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
FESTEJOS DO ANIVERSARIO DA CIDADE
francisco carlos de aguiar neto

Resumo:
Parabenizar Valença-Ba pelos 158 anos de Emancipação da Sede e 208 anos pela Emancipação Politica.

No próximo dia 10 de Novembro a cidade de Valença está mais uma vez em festejo, comemorando seus 158 anos de emancipação da Sede do Município, ou seja, quando no ano de 1849 sua sede recebera foro (nome) de Industrial Cidade de Valença.
Contudo para entendermos melhor como realmente aconteceu, faremos então uma breve contextualização histórica. Outrora pertencente aos domínios de Cairu ou em Tupi Aracajuru ‘terra do Sol”,   Valença ainda como povoado de Una, nomenclatura do rio que deu nome a todo o Vale, em 1571 passou a chamar-se Nossa Senhora do Santo Amparo (fonte: IPAC)

Por volta de 1750 formou-se um núcleo de povoação nas proximidades da capela de N.S. do Amparo, ainda muito modesta, começando a estender-se pelo lado de leste até as margens do rio Una. Uma das versões da historia relata que no dia 10.06.1789, Foi dado o título de Nova Valença, contudo de acordo com outra linha historiográfica, a mais aceita, por proposta do ouvidor da Comarca de Ilhéus, Desb. Baltazar da Silva Lisboa, somente em 23.01.1799 foi criada a Vila de Nova Valença do Santíssimo Coração de Jesus, ocorrendo sua instalação em 10 de junho do mesmo ano, onde foram iniciadas as obras de construção da Igreja do Santíssimo Coração de Jesus, concluída em 26 de Setembro de 1801 e transformada em matriz da freguesia. Com território desmembrado de Cairu ocorrera então à efetiva “emancipação política” da região, onde ao se desmembrar-se de Cairu, Valença ficara com sua extensão até o Vale do Jequiriçá, nas imediações da atual cidade de Santa Inês.

É salutar lembrar que a nossa cidade completou em 10 de junho deste, 208 anos de emancipação Política/Regional, titulo esse, que engrandece ainda mais a historia da cidade ao comemorar seus 158 anos de emancipação da Sede do Município, ou seja, por força da resolução nº.368 de 10 de Novembro de 1849 a “Sede Municipal” recebe a denominação de Industrial Cidade de Valença, sendo um dos motivos a pujança da Fabrica de Todos os Santos implantada cinco anos antes.


Festejar 158 anos de emancipação da Sede do Município e 208 anos de Emancipação Política é relembrar todos os papeis que a cidade interpretou no perpassar da historia.

Comemorar estas datas é manter vivo na mente de sua gente, a Valença da aldeia Una, a qual cedeu o nome a todo o vale; Da tribo Guerém, Botocudo Tupinambá,Tapuia, guerreiros e valentes como seu povo na contemporaneidade; do quilombo do Orobó, de gente de personalidade forte e sabedora dos seus destinos; do Guaibim, em Tupi/Guarani Mulher Experiente; Da cachoeira de Ita Guá, a conhecida Pedra Branca; Da hidroelétrica do Candengo; Da fabrica têxtil de Todos os Santos, fundada em 1844; da cidade que recebeu em seus domínios o Imperador do Brasil D.Pedro II em 1860; Da terra protegida pelas Deusas Mitológicas Ceres e Deméter, deusas da agricultura ; Da agricultura local,(mandioca) que abasteceu as tropas que lutaram no Dois de julho pela independência da Bahia; da cidade pesqueira sobre a égide de São Pedro e Yemanjá; do grande jurista Zacarias de Góes, coevo de Rui Barbosa; Da Valença próspera e grandiosa.

Por isso os festejos de aniversario e louvor a nossa Senhora do Amparo não é um festejo somente dos Valencianos, mas de todos os municípios circunvizinhos que em algum momento na historia tiveram diretamente ligado a Valença.


Biografia:
Nascido na ilha da gamboa do morro, distrito da cidade historica de Cairu,graudou-se em Historia pela UNEB, é Graduando em Filosofia pela Faculdade Batista Brasileira-Salvador-BA;pós graduou-se em Psicopedagogia pela FACE,é Mestrando em Educação e Contemporaneidade UNEB; Mestrando em Teologia e Educação Comunitaria pelas Faculdades EsT-São Leopoldo-RS e Bacharelando em Direito pela FAINOR-Vit.Conquista. Professor Universitario e Funcionario Publico Estadual.Atualmente está como Diretor de PóLO DA FACE-Faculdade de Ciencias Educacionais em Jaguaquara-Ba,na Região Sudoeste da Bahia e é Diretor Geral do IESTE-Instituto de Educação Social e Tecnologico.Desenvolve projetos Sociais adotando o esporte como uma forma de Educação "Projeto Respeito Acima de Tudo"-aulas de artes marciais(Karatê) e filosofia Oriental.Teve suas poesias escolhidas no premio literário Valdeck Almeida e publicadada no livro Ontologias Poeticas que fora lançado na 20ª Bienal Internacional do Livro em São Paulo em Agosto de 2008 e publicou o livro "A história da Igreja de Nossa Senhora do Amparo de Valença.Tem poesias publicadas no Livro Ontologia Cidade em 2009.Em 2010 publicou o livro "Vivendo e Lembrando:História, filosofia e Poesias pela editora Ieste" e Escreve para a revista especializada em História com tiragem Nacional "Leituras da História".É membro permanente da AVELA-Academia Valenciana de Letras,Educação e Artes,ocupando a cadeira Imortal do Poeta Satírico Gregório de Matos.
Número de vezes que este texto foi lido: 28614


Outros títulos do mesmo autor

Poesias LOS DERECHOS HUMANOS DESDE LA PERSPECTIVA MARXISTA francisco carlos de aguiar neto
Artigos ¿ LAS CLÁUSULAS PÉTREAS: INALTERÁVEIS o NO ¿ francisco carlos de aguiar neto
Artigos COMEMORAÇÕES DO DIA DO INDIO NO BRASIL francisco carlos de aguiar neto
Artigos COMEMORAÇÕES DO DIA DO INDIO NO BRASIL francisco carlos de aguiar neto
Artigos A Valença Promissora de Outrora francisco carlos de aguiar neto
Jurídicos AS CLÁUSULAS PÉTREAS: INALTERÁVEIS ou NÃO ? francisco carlos de aguiar neto
Artigos A HISTÓRIA DA IGREJA DO AMPARO DE VALENÇA-BA francisco carlos de aguiar neto
Artigos SABER CUIDAR. ÉTICA DO HUMANO-COMPAIXÃO PELA TERRA francisco carlos de aguiar neto
Poesias DIREITO DO TRABALHO E OS DIREITOS HUMANOS francisco carlos de aguiar neto
Poesias A MULHER francisco carlos de aguiar neto

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 47.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 31123 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 31035 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 30926 Visitas
eu sei quem sou - 30863 Visitas
camaro amarelo - 30850 Visitas
sei quem sou? - 30772 Visitas
viramundo vai a frança - 30755 Visitas
MENINA - 30714 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 30706 Visitas
A menina e o desenho - 30634 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última