Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
2017
Maylson Silva

Ah... essas horas intermináveis
De noites sem estrelas
Ah... esses dias extensos e intensos
De céus acinzentados
Ah...esses poços fundos tão profundos
Que despencam pelo avesso
Em seus próprios abismos noturnos
Até onde habita a fonte
Da alma ainda informe

Sem rosto
Sem ideia
Sem corpo
Sem ilusão
Sem sentido
Sem tudo

Número de vezes que este texto foi lido: 54851


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Da vida e dos amores Maylson Silva
Poesias Vontade humana Maylson Silva
Poesias Poemas na madrugada Maylson Silva
Poesias Devorar Maylson Silva
Poesias 2017 Maylson Silva
Poesias Escândalo Maylson Silva
Poesias Passione Maylson Silva
Poesias O Gosto do jogo Maylson Silva
Poesias Dois lados Maylson Silva
Poesias Intempestividade Maylson Silva

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 18.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Minicurso sobre a redação no ENEM - Isadora Welzel 79736 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 59549 Visitas
Salvando computador muito ruim - Vander Roberto 55635 Visitas
81 anos da prisão e morte dos Rosas Brancas - Vander Roberto 55456 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 55378 Visitas
QUE SE... - orivaldo grandizoli 55375 Visitas
Lançamento do livro - Alberto Kopittke 55357 Visitas
Nua, totalmente indefesa - rodrigo ribeiro 55309 Visitas
A FARSA DA USURA - fabio espirito santo 55293 Visitas
O estranho morador da casa 7 - Condorcet Aranha 55279 Visitas

Páginas: Próxima Última