Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O PIQUENIQUE DAS FORMIGAS
Saulo Piva Romero

ERA UM DOS POUCOS DIAS DE FOLGA NA COLÔNIA DAS FORMIGAS CORTADEIRAS E O FORMIGUEIRO ESTAVA AGITADÍSSIMO TUDO POR CONTA DE UM PIQUENIQUE ORGANIZADO PELA RAINHA DAS FORMIGAS, SUA MAJESTADE TÁBATA. AS FORMIGAS OPERÁRIAS ESTAVAM NUM CORRE-CORRE PARA LÁ E PARA CÁ CARREGANDO CESTAS CHEIAS DE ALIMENTOS E FRUTAS DIVERSAS. ELAS ESTAVAM LEVANDO ESSAS CESTAS PARA UM BELO JARDIM COM UM GRAMADO BEM CUIDADO PELO DONA DA MANSÃO ONDE ELAS HAVIAM CONSTRUÍDO O FORMIGUEIRO E ESTABELECIDO SUA COLÔNIA. ENQUANTO UMAS DESCARREGAVAM OS ALIMENTOS OUTRAS ARRUMAVAM AS TOALHAS COM DETALHES EM VERMELHO E BRANCO.
- ESSE PIQUENIQUE VAI SER UM SHOW COM MUITA ANIMAÇÃO E DESCONTRAÇÃO, POIS JÁ ESTAMOS NO FINALZINHO DO VERÃO E ESTAMOS SUPER CANSADAS DE TANTO TRABALHAR PARA QUE NO INVERNO NÃO NOS FALTASSE ALIMENTOS E NÃO NOS OBRIGASSE A SAIR DO FORMIGUEIRO E CONGELAR DE FRIO. DISSE DOROTEIA UMA DAS MILHARES DE OPERÁRIAS DO FORMIGUEIRO.
- VOCÊ TEM TODA A RAZÃO MINHA CARA AMIGA DISSE UMA OUTRA QUE TINHA UM LAÇO DE FITA VERMELHA NA CABEÇA CARREGANDO SUA CESTA COM DIFICULTADA DEVIDO AO SEU ENORME E GORDINHO TRASEIRO CARREGANDO SUA CESTA COM DIFICULDADE DEVIDO AO SEU ENORME E GORDINHO TRASEIRO. SEU NOME ERA JOANA TANAJURA.
- CUIDADO JOANINHA! ASSIM VOCÊ VAI ACABAR CAINDO E SE ESPATIFANDO NO CHÃO. DISSE DOROTEIA, MAS JÁ ERA TARDE DEMAIS POIS A POBREZINHA NÃO AGUENTOU COM O PESO E SE ESBORRACHOU NO GRAMADO FAZENDO COM QUE VÁRIAS FRUTAS SE ESPALHASSEM PELO GRAMADO PARA A ALEGRIA DE ALGUNS PASSARINHOS QUE ALI SE ENCONTRAVAM. DOROTEIA IMEDIATAMENTE FOI AJUDAR JOANINHA A SE LEVANTAR APÓS ELA BATER A CABEÇA NUM TRONCO DE ÁRVORE E FICAR ZONZA.
JÁ ESTAVA QUASE TUDO PRONTO PARA O TÃO AGUARDADO PIQUENIQUE. O CLIMA ERA DE MUITA PAZ E HARMONIA.   MAS UM FATO INESPERADO VEIO PARA ACABAR COM TRANQUILIDADE E TUMULTUAR O CENÁRIO FESTIVO DAS OPERÁRIAS FORMIGAS CORTADEIRAS QUE ESTAVAM CURTINDO O DIA DE FOLGA. ELE ESTAVA ALI BEM NA FRENTE DELAS, UM TAMANDUÁ COM SUA LÍNGUA GRANDE E ELÁSTICA QUERENDO DEVORÁ- LAS SEM DÓ E NEM PIEDADE.
- CUIDADO MENINAS! CORRAM ANTES QUE ESSE TAMANDUÁ ENGULA TODAS VOCÊS DE UMA DE SÓ VEZ! DISSE DOROTEIA OFEGANTE
E LÁ FORAM NOSSAS BRAVAS OPERÁRIAS GUERREIRAS MARCHANDO DE VOLTA AO FORMIGUEIRO PARA AVISAR A RAINHA TÁBATA DO PERIGO QUE ESTAVAM CORRENDO COM A CHEGADA DO INTRUSO TAMANDUÁ NO JARDIM DA MANSÃO E O TAMANDUÁ QUE ATENDIA PELO NOME DE VENCESLAU IA LOGO ATRÁS DAS FORMIGAS VALENTES. VENCESLAU ERA UM HÁBIL CAÇADOR DESDE PEQUENO E ESTAVA SE APROXIMANDO RAPIDAMENTE DA TROPA FORMADA PELAS FORMIGAS. A ÚLTIMA FORMIGA DO PELOTÃO ERA NADA MAIS NADA MENOS QUE JOANA TANAJURA QUE AINDA ESTAVA SE RECUPERANDO DA PANCADA NA CABEÇA E AINDA ENCONTRAVA-SE ZONZA. ELA JÁ ANDAVA LENTA ANTES DE RECEBER A PANCADA NA CABEÇA E AINDA MAIS LENTA FICOU ESTANDO ZONZA QUE ACABOU VIRANDO UMA PRESA FÁCIL PARA O LINGUARUDO VENCESLAU QUE A ENGOLIU RAPIDAMENTE E COM ISSO CONSEGUIU ATERRORIZAR AINDA MAIS A VIDA DAS NOSSAS QUERIDAS FORMIGUINHAS.
- ESSA NÃO! ERA SÓ O QUE FALTAVA! ELE ENGOLIU A JOANINHA TANAJURA! MENINAS O QUE FAREMOS AGORA? DISSE DOROTEIA
- NESSE MOMENTO A RAINHA TÁBATA SE APROXIMA DO PELOTÃO COMANDADO DE FORMIGAS COMANDADO POR DOROTEIA.
- O QUE ESTÁ ACONTECENDO MINHAS MENINAS? VOCÊS ESTÃO TÃO PÁLIDAS!PERGUNTOU TÁBATA APREENSIVA.
- MAJESTADE! QUANDO JÁ ESTÁVAMOS QUASE FINALIZANDO OS PREPARATIVOS PARA O NOSSO PIQUENIQUE APARECEU UM TAMANDUÁ E ENGOLIU A POBREZINHA DA JOANA TANAJURA. RESPONDEU O COMANDANTE DOROTEIA
E A RAINHA TÁBATA INDIGNADA GRITOU:
- QUEM ESSE LINGUARUDO PENSA QUE É PARA ENGOLIR UMA DAS MINHAS MENINAS? VAMOS AO ATAQUE MENINAS! NÓS TEMOS QUE SALVAR A JOANINHA ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS.
- MEIA VOLTA VOLVER! ORDENOU A SÁBIA E EXPERIENTE RAINHA. ELE VERÁ COM QUANTOS PAUS SE FAZ UMA CANOA! VAMOS MOSTRAR A ESSE TAMANDUÁ A FORÇA DAS FORMIGAS FÊMEAS!
DEPOIS DE ENGOLIR A JOANINHA TANAJURA O TAMANDUÁ DEITOU-SE PARA DESCANSAR UM POUCO DEPOIS DO ALMOÇO.
ENTÃO APROVEITANDO ESSE MOMENTO DE DISTRAÇÃO DE VENCESLAU AS FORMIGUINHAS SUBIRAM UMA A UMA NAS COSTAS DELE E DEPOIS ENTRARAM EM SUA BOCA INVADINDO SEU ESTÔMAGO E ENCONTRARAM A INDEFESA TANAJURA SE AFOGANDO NO SUCO GÁSTRICO PRODUZIDO PELO ESTÔMAGO DO TAMANDUÁ. ELAS SE ORGANIZARAM E EXECUTARAM UMA OPERAÇÃO RESGATE SALVANDO A JOANINHA DAS GARRAS DE VENCESLAU. DEPOIS SAÍRAM PARA FORA NOVAMENTE E CONCLUÍRAM A OPERAÇÃO SALVA VIDAS DANDO UM NÓ NA TROMBA DO INIMIGO TAMANDUÁ E FORAM EMBORA SEM DEIXAR RASTROS.
QUANDO O CAÇADOR DE FORMIGAS ACORDOU NADA MAIS PÔDE FAZER. ELE ESTAVA COM A TROMPA CHEIA DE NÓS. O INIMIGO DAS FORMIGAS TENTAVA GRITAR POR SOCORRO MAS O SOM NEM SAIA DA SUA ENORME TROMBA.
COM A VITÓRIA DIANTE DO TAMANDUÁ AS VALENTES FORMIGAS LIDERADAS PELA SOBERANA RAINHA TÁBATA FINALMENTE PUDERAM TERMINAR OS PREPARATIVOS PARA O TÃO SONHADO PIQUENIQUE NO BELO GRAMADO NO JARDIM DA MANSÃO. ELAS CAPRICHARAM NA DECORAÇÃO E NA VARIEDADE DE ALIMENTOS E DE FRUTAS. AS FORMIGAS APROVEITARAM BASTANTE O SEU DIA DE FOLGA E SABOREARAM AS GULOSEIMAS FEITAS ESPECIALMENTE PARA O LUXUOSO PIQUENIQUE. E NAQUELA GLORIOSA MANHÃ ENSOLARADA DE VERÃO ELAS PROVARAM QUE COM AS FORMIGAS FÊMEAS NÃO SE PODE BRINCAR. O TAMANDUÁ QUE O DIGA, POIS, ELE SENTIU ISSO NA PRÓPRIA PELE FICANDO TOTALMENTE RENDIDO DIANTE DAS MENINAS DA RAINHA TÁBATA. E ASSIM NUNCA MAIS SE OUVIU FALAR DE VENCESLAU E AS NOSSAS GUERREIRAS FORMIGAS PUDERAM VIVER E TRABALHAR EM PAZ NUM AMBIENTE ALEGRE, SEM MEDOS E PERSEGUIÇÕES.


Biografia:
Saulo Piva Romero, professor de Língua Portuguesa e Poeta, 46 anos. Nasceu em São Paulo no dia 9 de março de 1972. Começou a escrever poesias aos 18 anos. É formado em Letras pelas Faculdades Associadas do Ipiranga com Licenciatura Plena em Língua Portuguesa, Inglesa e Literatura.Em 2000 publicou seu primeiro livro Vida, amor e esperança.
Número de vezes que este texto foi lido: 28938


Outros títulos do mesmo autor

Contos A ESTRELA DE DAVI Saulo Piva Romero
Contos O CARRINHO DE ROLIMÃ Saulo Piva Romero
Poesias O RATINHO VIOLINISTA Saulo Piva Romero
Contos O JACARÉ BANGÃO E O COBRADOR DE IMPOSTOS Saulo Piva Romero
Contos O MICO DO REI Saulo Piva Romero
Contos A SALSICHA FUGITIVA Saulo Piva Romero
Contos TOCO E TOTÓ Saulo Piva Romero
Contos A CABANA NO DESERTO Saulo Piva Romero
Contos FLORA, O FOGO E A CHUVA Saulo Piva Romero
Contos OS PINCÉIS DA HELENICE Saulo Piva Romero

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 244.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 69520 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55941 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 48392 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44675 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44316 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43935 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 43223 Visitas
viramundo vai a frança - 43136 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41927 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41571 Visitas

Páginas: Próxima Última