Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Desoladamente
Maria Julia pontes

O coração está penso
Castrei o que queres ouvir
Não ouvirás o que penso
Tampouco o que é porvir.

Mas veja o bom lado de tudo
O que era ardor ficou mudo
Arranhei as cordas vocais
Nas farpas dos teus varais

Não sei mais fazer poema
Estou farta de tanto esquema
Meus verbos embolorados
Num canto todos jogados

Esta noite rasguei as cartas
Não poupei as fotografias
Muito menos o relicário
E queimei o meu dicionário

Não há mais nada a temer
Das minhas palavras estranhas
Da minha saudade tamanha
Que pra sempre fiz morrer.



Maria Juliaa pontes


Biografia:
-Formada em Letras. Professora de Inglês. Poesia é o alimento que sacia o meu furor a minha alegria, a minha dor, o meu amor.
Número de vezes que este texto foi lido: 28731


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Desoladamente Maria Julia pontes
Poesias Derradeira Maria Julia pontes
Poesias CAFÉ Maria Julia pontes
Poesias FOGO Maria Julia pontes
Poesias Perfume de Adeus Maria Julia pontes
Poesias Mórbido Maria Julia pontes
Poesias Entrega Maria Julia pontes
Poesias Segredos Maria Julia pontes


Publicações de número 1 até 8 de um total de 8.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 68609 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55731 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44440 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44151 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43774 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 43297 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 42218 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41385 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41349 Visitas
Amores! - 39901 Visitas

Páginas: Próxima Última