Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
COMITIIS NOM SERVIUNT
COMITIIS
lathea

Resumo:
caso ele não consiga provar que sabe ler, escrever e fazer contas.

COMITIIS NOM SERVIUNT COALITIONS QUIDQUAM

Fim das eleições... Ufa. Pensei que isso não ia mais acabar. Esse processo eleitoral é muito louco, perturba mais depois dá uma empolgada na galera. A primeira fase foi difícil, aquelas propagandas eleitoreiras todos os dias na TV; meu nome é... Vote em mim. Meio que impregna o eleitor. São as primeiras manifestações partidárias, candidatos que você nunca viu. Até mulher fruta no pário. E o Tiririca que injustiça com o rapaz, só porque o cara não sabe ler. Isso é uma covardia com um sujeito do povo. Um palhaço né gente? Tão bonitinho e tão votado. Pergunto-me, quem vai ficar com os votos dele? Caso ele não consiga provar que sabe ler, escrever e fazer contas. Não foi democrático isso! Que besteira, o Tiririca é palhaço e pronto!
Um absurdo, como pode um palhaço ter tantos votos. De candidato a processado, como as coisas mudam na política? E mudam mesmo; quem diria que certo candidato do PV apoiaria o Serra, tirou até foto do lado do César Maia. Contra acorrente mesmo. Tudo bem o cara ser oposição, mas ir tão a fundo nessa questão, que acaba inclinado o eixo da terra... Pôxa... Foi além da loucura! Teve uma candidata do PV que foi coerente absteve-se, um pouco de razão no meio do furacão. Nada me espanta, quer dizer; certo tipo de coligação política sim... Ui! Divago sentado ao lado de um pedalinho, sentindo o vento da lagoa embalar-me. O que foi aquilo; PT, PMDB, PSB, PRB e PTC...Uaul ! Tropa de elite ou trapalhada da elite? Deu certo no final, se é, que isso é o final?
Já diz o ditado, partido não é inteiro. Porque não PT, PSOL, PCB e PV. Não entendi, espera aí... À esquerda como sempre não se agüenta, continua brigando com o espelho. Toda eleição acontece isso. Nesse caso, a união não faz a força. Ah faz sim... hummm que cheiro ruim! Enquanto o DEM e outros espertinhos mergulham juntos em notas e metais que reluzem... Sempre foi assim, eles sabem coligar, e como coligam... Dos males os menores o PT tá aí! Ih o PT ta aí gente... esquidum, esquidum-dum-dum... Agora vai ser um Deus nos acuda. Como o PT vai distribuir os cargos no congresso, mistério, mágica, bruxaria gente!
Porque o segundo turno; dizem os catedráticos de plantão que o segundo turno aconteceu por causa do impasse aborto versos evangélicos, incluindo a secretária da candidata do PT. Não vi nem escutei ninguém falar; que a virtuosíssima elite pensante, catedrática, especializada. Vinculados à ideologia social democrática ou socialismo, não quiseram coligar com seus iguais. Preferem ficar muito mais a esquerda, quase à direita... Mas o destino é vingativo e às vezes surpreendente. Não é que todo mundo teve que rever suas posições em relação ao globo terrestre. Correu todo mundo, foi noticiado nos bares, nos lares, nas bibliotecas, na cúpula Asteca. E também, na vila mimosa, na casa da tia dengosa, até no beco das putas. Foi tão estrondoso o fato político, que comprometeu o primo do tio da filha da amiga da minha sobrinha.
No arcabouço do coliseu os socialistas reunidos decidiram que não iam mais repudiar seus iguais, e decidiram apoiar O PT. Alguns anularam. Gente muito ocupada preferiu não votar, regaram suas gramas em suas casas de campo ou de paria. Tinham que pagar a empregada, mudar um quadro da sala. A massa reunida, destes que discute o tempo todo, para achar a melhor opção e qual será a solução. Iluminados pelas câmeras apoiaram a candidata, sem intromissão de partidos, longe dos iludidos e mal assessorados. É não tinha outra escolha, foram vítimas de seus próprios feitiços, tanto que o feitiço se voltou contra os feiticeiros. Para a perplexidade dos iniciados políticos a candidata foi eleita no dia das bruxas ou helloween.
Foi um feitiço e tanto, o povo sempre sabe quando é a hora e revirou a história. Diziam; é a primeira mulher presidenta ou (e). Quem sabe nesse momento como usar a pronúncia? O povo voltou a se alegrar, mesmo sabendo que história ainda não está encerrada. Muita água vai rolar quem viver verá. O importante que ficou meio resolvido um impasse quase sem sentido, qual candidato apoiar. Foi alegria pura o povo sambando na rua. Agora vamos ver o que vai dar?
Tomara que tenham aprendido que o individualismo só faz ter segundo turno. É bom ficar ligado, mais um erro destes e neguinho fatura no planalto, depois não adianta reclamar. Essa foi por pouco, quase que agente levou sufoco. Jornalistas e laptops em marcha querem saber como vão formar o ministério. O PT pronunciou-se; esse negócio é com o ex-presidente. As revistas de fofocas noticiaram; venha saber tudo sobre a atual presidenta. Sua vida, obra e os tempos de clandestinidade.
A candidata virou manchete “os pessoal tudo feliz” é isso que quer o Brasil, muita cerveja e muita muié. É só felicidade, todo mundo gostou da decisão, deve ser por causa do verão. Que Inverno político foi esse? Vou colocar meu sungão ler meu jornal na praia, pedir um chope gelado. Quando tudo vai bem é bom desconfiar, ainda mais no Brasil. Sinceramente eu queria estar tranqüilo, mas a história insiste em me deixar aflito. Tomara que seja só uma ressaca, uma indisposição fraca, um golpe de ar. Espero realmente que de tudo certo, não tenho mais idade para aborrecimentos. Foi muito sofrimento político, ideológico e social, desejo que o Brasil vire um carnaval, no bom sentido. Pra mim chega de ficar esperando o paraíso na terra.
Não acredito que seja tão ruim, mas se for, continuarei com meu sungão lendo jornal na praia e esperando o pior, não se pode confiar em política. No dia que eu deixar de desconfiar e porque tudo acabou. E continuarei com meu sungão lendo jornal. E se tudo for maravilhoso, ainda assim, continuarei com o meu sungão...

Ass, Lathea
   




Biografia:
escritor amador
Número de vezes que este texto foi lido: 54816


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas O capitalismo falhou lathea
Contos Acho que todo mundo é diferente mesmo! lathea
Artigos Saraban Ingmar Bergmam lathea
Artigos Budapeste o Filme. lathea
Ensaios Breve olhar sobre a obra do escritor Gabriel Garcia Marqués. lathea
Poesias Orquidea lilás no jardim lathea

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 16 de um total de 16.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
A descoberta da Terra - DIRCEU DETROZ 54818 Visitas
Noites densas - Ricardo Santos de Souza 54818 Visitas
Momento - Paulo Lucena 54818 Visitas
O SORRISO TEM QUE SER GRÁTIS - Karinna Rocha Rau 54818 Visitas
Ano Novo com energias renovadas - Isnar Amaral 54818 Visitas
Náufragos em SP - Rafael da Silva Claro 54818 Visitas
Quando o caçador vira a sua própria presa - Caliel Alves dos Santos 54818 Visitas
Alvaro Sertano"IMAGINAÇÃO"! - Alvaro Sertano 54818 Visitas
refeição - marilia betarello 54818 Visitas
No Palco dos Meus Olhos - Rodrigo Nascimento 54818 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última