Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A BORBOLETA QUE VIROU UMA PRINCESA
Saulo Piva Romero

ERA UMA VEZ UMA BORBOLETA MUITO TÍMIDA. NIELLI ERA MUITO BONITA, MAS, AS OUTRAS BORBOLETAS TINHAM MUITA INVEJA DELA PORQUE NÃO ERAM TÃO BONITAS COMO ELA. ENTÃO, TODAS AS OUTRAS BORBOLETAS DA PANAPANÁ EM QUE NIELLI FAZIA PARTE VIVIAM DIZENDO AOS QUATRO VENTOS QUE NIELLI ERA A MAIS FEIA DENTRE TODAS AS BORBOLETAS DAQUELA PANAPANÁ QUE REUNIA UMA GRANDE COMUNIDADE DE BORBOLETAS.
ENTÃO, NIELLI QUE JÁ ERA TÍMIDA, FICOU MUITO MAGOADA COM AS SUAS COLEGAS DA PANAPANÁ E DECIDIU SE ISOLAR DAS BORBOLETAS INVEJOSAS. SÓ UMA DAS BORBOLETAS FALAVA COM ELA, A SUA IRMÃ HELLEN.
ENQUANTO AS OUTRAS BORBOLETAS VOAVAM LINDAS COM LIBERDADE PELOS CAMPOS E FLORESTAS DO REINO. ELA PASSAVA OS DIAS, POUSADA NUMA ÚNICA FLOR PLANTADA NUM VASO QUE FICA NO PARAPEITO DE UMA DAS JANELAS DO GRANDE PALÁCIO DE SEU PAI, O REI HÉLIO.
NIELLI SE FECHOU NUM MUNDO SÓ SEU E VIVIA TRISTE E DESANIMADA PELOS CANTOS, JÁ NÃO ESCOLHIA MAIS AS GRANDES FLORES COLORIDAS PARA COLHER O PÓLEN EM SUAS PERNAS LONGAS E FINAS ENQUANTO COLETAVA O NÉCTAR DAS FLORES. NÃO REALIZAR ESSA TAREFA TODOS OS DIAS, ERA COMO SE ELA ESTIVESSE PRESA AO CASULO NOVAMENTE E FICADO ALI PRESA PARA SEMPRE.
ENTÃO, SUA IRMÃ PREOCUPADA COM A SAÚDE E COM O DESÂNIMO DE NIELLI, RESOLVEU CONTAR PARA O REI QUE NIELLI ESTAVA MUITO TRISTE E ISOLADA DAS DEMAIS BORBOLETAS DA PANAPANÁ PORQUE ELAS VIVIAM CAÇOANDO DELA.
O REI FICOU MUITO PREOCUPADO COM O ESTADO DE DESÂNIMO DA FILHA, POIS, ELE AMAVA ESSA FILHA E RESOLVEU IR FALAR COM A LINDA BORBOLETA QUE DE UMA HORA PARA OUTRA RESOLVEU VOLTAR PARA O CASULO SÓ PORQUE AS OUTRAS BORBOLETAS COM INVEJA DA SUA BELEZA RARA E PASSARAM A CAÇOAR DELA FAZENDO COM QUE ELA SE SENTISSE PEQUENA E SE ISOLASSE DENTRO DO SEU CASULO, IMPEDINDO QUE ELA VISSE A VIDA COM OUTROS OLHOS.
QUANDO O REI VOOU ATÉ O PARAPEITO DA JANELA ONDE ESTAVA A FILHA AGARRADA NAQUELA FLOR, ELE DISSE:
- NIELLI, VOCÊ E SUA IRMÃ SÃO LINDAS E UM DIA SERÃO RAINHAS DESSA PANAPANÁ, ENTÃO, VOCÊS NÃO PODEM DAR OUVIDOS A TUDO O QUE SE FALA A RESPEITO DE VOCÊS. O IMPORTANTE É SER LINDA POR DENTRO E NÃO POR FORA, POIS, AS APARÊNCIAS NEM SEMPRE MOSTRAM COMO REALMENTE SOMOS.
MAS, A LINDA BORBOLETINHA TEIMAVA EM FICAR ISOLADA CONTINUANDO TRANCADA NO SEU CASULO.
ATÉ QUE UM DIA, ENQUANTO ELA DORMIA, SONHOU COM A FADA DAS BORBOLETAS QUE VEIO LHE FAZER UMA VISITA.
- PRINCESA DE TODAS AS BORBOLETAS, PORQUE ESTÁ TÃO DESANIMADA? VOCÊ É A MAIS LINDA BORBOLETA DE TODAS AS PANAPANÁS QUE EU JÁ CONHECI.
- PORQUE TODAS AS BORBOLETAS CAÇOAM QUANDO EU VOU COLHER O PÓLEN DAS FLORES DIZENDO QUE SOU A MAIS FEIOSA.
ENTÃO, A MINÚSCULA FADA COM PENA DA BORBOLETA, DISSE:
- O QUE VOCÊ MAIS DESEJA QUE ACONTEÇA NA SUA VIDA?
ENTÃO, A BORBOLETINHA NIELLI DISSE:
- EU QUERO DEIXAR DE SER A BORBOLETA TÍMIDA E ENVERGONHADA QUE SOU E VIRAR UMA LINDA PRINCESA IGUAL A DOS CONTOS DE FADAS.
ASSIM QUE ELA TERMINOU DE CONTAR O SEU SONHO, A FADA DAS BORBOLETAS COM O CORAÇÃO APERTADO ATENDEU AO PEDIDO DA BORBOLETA E FÊ-LA VIRAR UMA LINDA PRINCESA.
A FADA FEZ UMA LINDA TRANSFORMAÇÃO EM NIELLI. ELA ESTAVA BELÍSSIMA, USANDO UM LINDO VESTIDO VERMELHO MUITO ALONGADO.
NAQUELE MOMENTO ELA DEFINITIVAMENTE ROMPEU O SEU CASULO, DESABROCHOU E AMADURECEU PARA ENFRENTAR QUALQUER DESAFIO QUE A VIDA PUDESSE LHE OFERECER.
NIELLI TAMBÉM ENCONTROU O SEU PRÍNCIPE ENCANTADO COMO SEMPRE HAVIA SONHADO.
TUDO ESTAVA INDO PERFEITAMENTE BEM NO CASTELO DE SONHOS DA TÍMIDA BORBOLETINHA NIELLI ATÉ QUE UNS RAIOS E TROVÕES A DESPERTARAM DE SEU SONHO E A TROUXERAM DE VOLTA PARA A SUA REALIDADE.
ENTÃO, ELA PERCEBEU QUE FICAR AGARRADA NUMA FLOR QUE FICAVA PLANTADA NUM VASO NO PARAPEITO DE UMA JANELA NÃO IRIA FAZER COM QUE ELA CRESCESSE E DESABROCHASSE PARA A VIDA.
ELA REALMENTE HAVIA ACORDADO COM UM NOVO ÂNIMO E SENTINDO UMA FELICIDADE QUE HÁ MUITO TEMPO NÃO HAVIA SENTIDO E APESAR DA CHUVA, CUJOS PINGOS BATIAM COM FOÇA NO PARAPEITO DA JANELA, ANUNCIANDO A CHEGADA DA PRIMAVERA, ELA DECIDIU VOAR ATÉ O CAMPO ONDE SE ENCONTRAVAM AS FLORES E RECOMEÇOU A COLHER O PÓLEN DE TODAS AS FLORES E ESPALHÁ-LO COM SUAS PERNAS LONGAS E FINAS ENQUANTO COLETAVA O NÉCTAR DAS FLORES, VOANDO LEVE, LINDA E SOLTA PELO AR.
ASSIM, ELA APRENDEU A ENFRENTAR OS DESAFIOS MAIS DIFÍCEIS QUE A VIDA PODE NOS APRESENTA AO LONGO DOS NOSSOS DIAS NO PLANETA TERRA.
ENTÃO, NIELLI FINALMENTE ENTENDEU QUE PARA SE ALCANÇAR TODOS OS SEUS SONHOS NESSA VIDA ERA PRECISO PENSAR TODOS OS DIAS, QUE ELA PODIA MUDAR ALGUMAS DAS SITUAÇÕES E ACEITAR AS OUTRAS QUE NÃO ERA POSSÍVEL MUDAR.
EM SEGUIDA, ELA FAZIA UMA PERGUNTA PARA OS SEUS PENSAMENTOS.
- ESTOU ME APROXIMANDO OU ME AFASTANDO DA VIDA QUE EU QUERO?
E OS SEUS PENSAMENTOS LHE DIZIAM QUE TUDO NA VIDA É PASSAGEIRO, TANTO OS MOMENTOS RUINS QUANTO OS DE GLÓRIA.
E ASSIM, NIELLI, A BORBOLETA, SAIU DE UMA VEZ POR TODAS DAQUELE CASULO E VIROU UMA PRINCESA QUE PASSOU A SER RESPEITADA PELAS OUTRAS BORBOLETAS DAQUELA PANAPANÁ, POIS, ELAS NOTARAM QUE A PRINCESA NIELLI HAVIA SE TORNADO A LÍDER QUE ELAS SEMPRE SONHARAM PARA LIDERAR TODAS AS BORBOLETAS DAQUELA PANAPANÁ.
ASSIM, FINALMENTE A BORBOLETA NIELLI, FOI COROADA PRINCESA E CONSEGUIU A LIBERDADE QUE TANTO QUERIA PARA PODER LEVANTAR VOOS MAIS ALTOS.


Biografia:
Saulo Piva Romero, professor de Língua Portuguesa e Poeta, 46 anos. Nasceu em São Paulo no dia 9 de março de 1972. Começou a escrever poesias aos 18 anos. É formado em Letras pelas Faculdades Associadas do Ipiranga com Licenciatura Plena em Língua Portuguesa, Inglesa e Literatura.Em 2000 publicou seu primeiro livro Vida, amor e esperança.
Número de vezes que este texto foi lido: 164


Outros títulos do mesmo autor

Contos ESTÁ CHOVENDO NOVAMENTE Saulo Piva Romero
Contos ANA E PENINA Saulo Piva Romero
Contos NO MUNDO DA LUA Saulo Piva Romero
Contos OS RATOS CINZA Saulo Piva Romero
Contos MARIA ELIZA E A BORBOLETA VERMELHA E AMARELA Saulo Piva Romero
Contos O LOBO MAU E AS SETE CRIANÇAS Saulo Piva Romero
Contos A PROFESSORA QUE VIROU ROBÔ Saulo Piva Romero
Contos MARIA FUMAÇA Saulo Piva Romero
Contos MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO Saulo Piva Romero
Contos BIA E O BEIJA-FLOR Saulo Piva Romero

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 176.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 31802 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 31252 Visitas
eu sei quem sou - 31164 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 31132 Visitas
camaro amarelo - 31130 Visitas
sei quem sou? - 31045 Visitas
viramundo vai a frança - 31011 Visitas
MENINA - 30975 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 30971 Visitas
A menina e o desenho - 30890 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última