Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
CONFIRMADO ELE É O PAI DO BEBE
TITO CANCIAN

Resumo:
Como foi possível um homem "dado" como infértil pela medicina ter sete filhos?

CONFIRMADO ELE É O PAI DO BEBE
Rivaldo por muito pouco não nasceu no banco traseiro de um automóvel.
Ele seria o primogênito de um casal de cantores famosos.
Estes estavam assustados com o assédio da imprensa, que queria dar destaque para o nascimento daquela criança.
Esses cantores faziam sucesso no mundo inteiro, cantavam em três idiomas, vez ou outra, formava uma dupla, e com gigantesco sucesso.
Definitivamente, foram e seriam ainda os maiores cantores brasileiros que mais discos venderam, e haviam estrelado vários filmes nacionais.
Para evitar a imprensa, e ainda queriam que seu filho fosse mineiro como eles, Mafalda e Jerônimo retornaram para Dois Morrinhos, no Triangulo Mineiro sua terra natal, onde Rivaldo nasceria.
Estava tudo preparado, o melhor médico da região contratado, o melhor aposento do hospital reservado.
A chegada do bebe estava prevista para os dias 23 até 25 de junho, mas, quis o destino que Mafalda tivesse suas dores por volta das 14 horas do dia 21. Jerônimo liga para Dr. Eduardo, mas este estava passando o dia em Uberlândia que distava dali 70 quilômetros, mas, a estrada era sem asfalto, e demoraria de carro cerca de duas horas, pede a eles para irem direto para o hospital e aguardar sua chegada.
Mafalda não havia preparado sua mala para internação e nem a do bebe, assim levou mais um tempo sentindo as dores, mas arrumando tudo.
Quando, finalmente, entram no carro para irem ao hospital, não conseguem andar 100 metros, as ruas estavam todas tomadas por homens, mulheres e crianças empunhando bandeiras brasileiras, o Brasil acabara de conquistar, no México, o tri campeonato mundial de futebol, as partidas todas tinham inicio às 12,00 horas, e a nossa seleção acabará de derrotar a da Itália por 4x1 e se tornara a primeira seleção a ganhar por três vezes essa taça.
Desesperado, Jerônimo abandona o seu tão sonhado anonimato, sai do carro e aos berros pede para as pessoas se afastarem.
De imediato é reconhecido, e o que seria uma festa de conquista futebolística, vira uma procissão de pessoas diante do hospital.
A policia foi avisada e uma guarnição foi aguardar Dr. Eduardo na entrada da cidade, permitindo sua chegada a tempo no hospital.
Mas nem tudo correu como os cantores queriam Mafalda não conseguia ter a dilatação suficiente para a passagem do bebe. O tempo vai passando não havia um anestesista no hospital para fazer uma cesárea, este viajara para uma cidade maior onde poderia assistir a partida de futebol transmitida a cores pela primeira vez no pais e Dr. Eduardo é obrigado a recorrer à alavanca auxiliar chamada de fórceps.
Este método usado pouquíssimas vezes provocou danos ao bebe. Rivaldo teve um afundamento malar.
Os curiosos permaneciam diante do hospital, e horas depois quando já tudo havia se acalmado Mafalda e o bebe foram levados para um hospital com mais recursos em Uberaba, a maior cidade do Triangulo Mineiro.
Ambos precisavam de cirurgia reparadora a mãe no períneo rompido e o bebe com o afundamento facial.
A imprensa desta vez não soube do paradeiro dos artistas, e estes se refugiaram na fazenda de amigos, evitando, assim definitivamente, que a mídia tirasse suas tranquilidades.
Mafalda, em dias, já estava recuperada da micro cirurgia, mas o neném precisaria de mais cuidados, seriam necessários outros procedimentos cirúrgicos para que a face de Rivaldo chegasse próxima do normal. Fretam um avião em nome de parentes e sem serem vistos viajam para o exterior onde fariam as cirurgias.
Dois meses depois voltam para São Paulo, driblam a imprensa o quanto podem, mas por fim para acalmar a mídia informam que a cantora teve que se submeter a micro cirurgia, já curada, mas omitem o acontecido com Rivaldo, que mesmo após as operações, ficara com uma cicatrícula em uma das faces.
Mas a cantora ficou abatida, ela sempre imaginou ser o seu primeiro filho, mais um motivo para se tornar capa de varias revistas, entrevistas na TV, programas para mostrar a todos seu bebe.
Sentia-se culpada, por querer que o neném fosse um mineiro como ela, privou-o de ser atendido no melhor hospital do pais, onde ela poderia ter os mesmos problemas de dilatação, mas fatalmente faria uma cesárea e as sequelas do fórceps seriam evitadas.
Na mesma semana, incumbiram familiares de comprar um sitio em um estado pouco povoado e em uma cidade longe da civilização. Ela agora queria esconder do mundo seu próprio filho vitima de algo que poderia ter sido evitado e ela se sentia culpada pelo ocorrido.
Já não aceitava convites para se apresentar cantando onde ela não poderia chegar a bordo de seu jatinho particular, e voltar logo após o show e sua carreira foi declinando, apenas o marido seguia na ativa.
Em seu sitio, Mafalda contratou para cuidar de Rivaldo, suas primas e sua própria mãe. Ninguém poderia ver o menino, apenas elas.
Em idade pré-escolar a cantora contrata professores particulares, mas a criança sempre era vista usando toucas de aviador feitas em crochê, teria umas duzentas delas.
Mas para cursar o ensino fundamental e médio, alugou uma casa na mesma cidade, e todos imaginava que seria a prima de Rivaldo a sua mãe, Mafalda nunca era vista para nada.
Reclusa por muitos anos com seu filho, Mafalda, ou para se entreter ou até mesmo para ensinar Rivaldo a cantar, ensina a este como tocar vários instrumentos musicais e canto. O tempo não tirou dela esse dom, seguia cantando maravilhosamente, e com pai e mãe passando ensinamentos Rivaldo se torna um excelente cantor e instrumentista.
Anos depois, já na adolescência, Rivaldo passa deixar sua barba crescer e dessa forma esconde sua cicatriz no rosto.
Namora algumas meninas, mas nunca contou para ninguém sua filiação.
Mafalda então reaparece, não para cantar, mas sim abrir portas para sua cria.
Naturalmente Rivaldo tem tudo facilitado, passa a se apresentar em vários programas musicais, mas odeia quando lhe apresentam como filho de Mafalda, e queria ser ele mesmo, mas o fato é inevitável, a mídia sempre dizia Rivaldo filho de Mafalda.
Seus pais, já estavam parando com suas carreiras quando o filho deles em apenas um ano emplaca seu primeiro sucesso musical.
A família tinha um sucessor à altura, o menino era mesmo muito bom cantor e instrumentista.
Satisfeitos com o sucesso que já haviam alcançado e cansados das inúmeras viagens, Mafalda e Jeronimo se afastam definitivamente da mídia, agora seria Rivaldo quem seguiria cantando e encantando a todos.
Mafalda não dizia abertamente ao filho, mas nas oportunidades que o tema era levantado deixava claro que agora queria tornar-se avó, e cuidar apenas de netos.
Rivaldo, sabendo dessa obsessão da mãe, nunca se cuidou com parceira alguma, queria também ter essa criança, não lhe importava como, pois pretendia criar o bebe como marido embora não pensasse em se casar.
Mas o tempo foi passando e nenhuma de suas aventuras se apresentava relatando estar à espera de um bebe seu. Rivaldo resolve buscar orientação médica.
Descobre o especialista e depois de realizar três exames de espermograma, estes detectaram ser ele portador de HIPOSPERMIA, nada muito serio, mas com uma pequena quantidade esperma, uma gravidez seria bem mais difícil.
Rivaldo apenas gravou em sua mente que uma gravidez seria bem difícil. Não buscou mais nenhuma orientação, simplesmente anunciou uma viagem para Europa onde passaria um bom tempo.
O que na verdade o cantor queria era um tempo para refletir, afastou-se da companhia feminina e estando anônimo no exterior ficou 45 dias sem se relacionar com mulher alguma.
Em sua volta ao pais, refugiou-se em uma das fazendas de seus pais em Dois Morrinhos, seguia ainda sem querer novas aventuras amorosas, e assim apenas voltou há cantar quatro meses depois de sua visita ao médico.
Nada mais lhe dava animo, nem os aplausos do publico o motivava.
Pensou então em contratar alguém muito parecido com ele fisicamente, essa pessoa, seria encarregada de nos finais dos shows voltar ao palco, agradecer aos aplausos, receber as homenagens e substituí-lo nas coisas que antes amava fazer, mas agora, quando possível evitava.
Certa noite, após uma apresentação saiu rapidamente deixando seu sósia em seu lugar, é quando Jurema, uma moça de seus 25 anos entra em seu camarim.
Ela não sabe de nada, e se insinua para Leandro o sósia de Rivaldo a ponto de este sem pensar em consequências possuí-la e por varias vezes. Ela deixava claro que não queria ser esquecida, e que ele lembra-se muito bem dela.
Por mais alguns meses tudo seguia assim. Rivaldo já pensava até abandonar a profissão, mas, assistindo a TV num desses programas das tardes fazendo declarações que estaria grávida de Rivaldo, era Jurema a moça que havia feito amor com Leandro, seu sósia.
O apresentador, Sócrates, desde muito tempo, nutria forte ciúmes e desprezo por Rivaldo, em sua opinião, ele cantava melhor, mas fora preterido por ser ele filho de um casal famoso.
Imediatamente a mídia em geral toma conhecimento disso, e passam a exigir um exame de paternidade.
Rivaldo confuso, mas para ganhar tempo concorda. Ira esperar a criança nascer para tanto.
É chegada a hora do parto dessa criança, agora tão comentada, todos já declaravam ser ele o pai, e exigiam reparações morais e financeiras.
Rivaldo queria que o teste de DNA desse positivo, mas ele não se lembrava de Jurema, e pelas datas não seria possível ser ele o pai, mas ele gostaria e muito ser.
No hospital problemas sérios de saúde fazem com que a moça venha a óbito no momento do parto. A criança, um menino, esta bem de saúde.
Consternados, e esperando melhor momento para comentários a imprensa se cala.
É quando Rivaldo anuncia: Sei que o filho é meu, e não farei exame algum, vou cria-lo com muito amor. Mafalda chega às lagrimas para visitar o neto no hospital.
Desiludido com a vida artística, e sem motivação para continuar cantando Rivaldo anuncia o encerramento de sua carreira.
Demite Leandro seu sósia, este já não teria utilidade alguma.
Na semana seguinte, naquele mesmo programa das tardes na TV, lá estava Leandro o sósia de Rivaldo, declarando ser ele o pai da criança que o cantor criava.
Novamente, enorme escândalo.
Sócrates, o apresentador e a mídia exige que sejam realizados testes de paternidade e agora com jornalistas acompanhando a coleta dos materiais necessários.
Rivaldo chega às lagrimas, ele estava amando aquela criança. Seria desmascarado, e perderia a guarda do menino.
Os exames ficam prontos rapidamente. A imprensa e vários jornalistas confirmam ter acompanhado todos os procedimentos, a verdade seria descoberta.
Sócrates abre o envelope, lê o que esta escrito, perde o fôlego, procura ajuda, pensa estar lendo errado, mas ali estava escrito.
99,99% de que Rivaldo era o pai da criança.
Rapidamente entram os comerciais, e na volta, já era outra pessoa que conduzia o programa, seu titular havia tido uma queda de pressão.
Rivaldo volta para casa, atordoado, incrédulo. Aquilo tudo não podia ser verdade, mas se cala e em pensamentos conclui._ Vou cria-lo meu bebe.
Da mesma forma que a mídia cria o fato, dele se esquece com muita rapidez.
Dois anos depois quem virava alvo da mídia seria Sócrates o apresentador.
Um escândalo envolvendo ele e sua esposa não se falavam claramente, mas seria assunto de traição conjugal.
O apresentador injuriado com tudo declara que ira se separar, mas que o filho do casal ficaria com ele, pois sua esposa não teria condições de dar a criança o mínimo de conforto e estudos.
As brigas tomam enorme repercussão. Em entrevista para um jornal que não se importava com a verdade apenas com a noticia, o irmão de Cândida, mulher do apresentador declara.
O filho não é dele, essa criança é filha do cantor Rivaldo.
A essas alturas o escândalo já era internacional e ganhava as paginas da mídia mundial.
Rivaldo pensava: O médico afirmou que por ter hipospermia, dificilmente eu engravidaria qualquer mulher, e agora já sou acusado de mais uma?
Novamente, no mesmo programa, lá estavam, a moça, a criança, o apresentador e Rivaldo, chegara a hora da leitura dos resultados. 99,99% de que Rivaldo é o pai da criança.
O apresentador parte para as vias de fato. Agride a Rivaldo e a sua mulher. Garante a ela que não recebera nenhum centavo na separação e que ira processa-la por infidelidade.
Novamente como sempre a mídia perde seu interesse no assunto.
Procurada por amigos e parentes a moça não nega que Rivaldo seja o pai da criança, mas nega infidelidade. Ninguém nada entende como isso seria possível?
A separação ocorre, mas a mãe segue com o pátrio poder.
Rivaldo a partir daquele dia bem como Mafalda a sua mãe era vistos seguidamente visitando essa criança, e todos acreditavam que embora com sua negativa houvesse sim havido infidelidade, mas o caso foi lentamente se tornando apenas passado.
Alencar, o irmão da moça que alertará ser o menino filho de Rivaldo evita encontra-lo, pois sabe que fatalmente terá que revelar como sabia que aquela paternidade seria confirmada através do DNA.
Mas esse dia chegou e por força do destino. Ele não sabia que Rivaldo estaria visitando sua irmã e seu alegado filho, e também iria até a casa dela. Quando estacionava seu carro, um grupo de adolescentes marginais tenta assalta-lo, e Rivaldo percebe essa ação afugentando a todos eles, porem com ferimentos sérios pelo corpo Alencar precisa de atendimentos médicos.
Rivaldo prontamente o socorre, leva-o ao pronto socorro mais próximo.
Ele embora fora de perigo seja obrigado a ficar no hospital em observação médica, e precisa que alguém seja responsável por ele e o seu acompanhante.
Rivaldo aguarda pacientemente que ele acorde da anestesia que tomou para levar os pontos cirúrgicos, e quando este abre os olhos se depara com quem evitara encontrar por muito tempo.
Um sorriso sem graça da inicio a uma conversa que seria definitivamente reveladora.
Claro que Rivaldo assim que pode faz a pergunta que o intrigava por anos. Como você sabia que o teste de DNA revelaria ser eu o pai de seu sobrinho?
Alencar respira fundo, tenta evitar essa conversa, mas finalmente diz:
Vou lhe revelar coisas, que poderão ou não apenas dependerá de você, me levar a prisão, mas também não aguento mais manter esse segredo. Por favor, não interrompa, quero me libertar desse peso.
Você nunca me reconheceu, pois sempre que estivemos frente a frente e por três vezes, eu usava mascaras.
Sou o enfermeiro que lhe ajudou na coleta dos espermas quando se consultou com o Doutor Assis, para tratar de sua infertilidade.
Nas três coletas, o resultado foi hipospermia. Mas eu a enfermeira e mais outro médico recém-formado, congelamos todo o material.
Queríamos fazer chantagem com você. Assim a enfermeira se prontificou a receber por reprodução assistida seus espermas bons. Ela é a mãe de seu primeiro filho, que acabou falecendo no dia do parto.
Para podermos afirmar que você seria o pai, ela após um dos seus shows, invadiu seu camarim, mas nosso plano começou a fracassar naquele momento já que ela não sabia estar se entregando ao seu sósia.
Com a morte dela, abortamos a chantagem, e até evitamos que isso viesse a publico.
Ninguém jamais saberia da trama se, e ai por infertilidade de minha própria irmã, que receando ser abandonada por Sócrates seu marido, que sempre exigiu dela um filho, propôs ser ela também submetida a uma inseminação artificial.
Seu esperma seguia congelado, e o usamos novamente e com ela.
Assim, quando Sócrates o marido dela anunciou que iria tomar-lhe a criança, resolvi contar que você era o pai. O que vou lhe revelar agora é pior ainda.
Você tem mais cinco filhos, mas não saberei lhe dizer o nome das mães, pois tudo foi feito clandestinamente.
Na manhã seguinte Alencar tem alta médica e retorna para sua casa e Rivaldo faz o mesmo. O agora ex-cantor, ainda aturdido pelas revelações de Alencar, se recolhe em seu quarto, pede a todos que não o incomodem, alegando que tentará compor uma nova musica.
A verdade é que ele precisa assimilar as novidades, elas se viessem a publico, modificariam seu relacionamento familiar, e levaria a prisão o homem que por linhas tortas permitiu a ele agora ter sete filhos.
Uma semana depois, sai de seu quarto, não criou musica alguma, mas seu semblante era de total felicidade. Sabia que jamais conheceria seus outros cinco filhos e suas mães. Contudo estava eufórico, feliz e satisfeito, afinal o médico lhe garantira que ele não engravidaria mulher alguma.
FIM – por Tito Cancian – italianodeoderzo@hotmail.com




   




Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 374


Outros títulos do mesmo autor

Contos UM DEFUNTO CIUMENTO TITO CANCIAN
Contos DIRCEU 0 VIGARISTA TITO CANCIAN
Contos MENTIRAS PIEDOSAS TITO CANCIAN
Contos UM AMOR QUE VENCEU TITO CANCIAN
Contos O CRUEL SEGREDO DE EVA TITO CANCIAN
Contos A CIENCIA E O DESTINO TITO CANCIAN
Contos E ANSELMO FICOU MESMO MILIONARIO TITO CANCIAN
Contos A SAGA DE IMIGRANTES ITALIANOS TITO CANCIAN
Contos CONFIRMADO ELE É O PAI DO BEBE TITO CANCIAN
Contos RAINHA? OU PROSTITUTA TITO CANCIAN

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 14.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 185732 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 164434 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 164027 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 130848 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 117957 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 81171 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 70009 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 65273 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 60577 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 55946 Visitas

Páginas: Próxima Última