Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Só nos sobraram os espinhos
Caliel Alves dos Santos

Resumo:
Ótimo ensaio historiográfico sobre solidão.

O filósofo Arthur Schopenhauer escreveu um conto para tratar da solidão. Essa obra, chamada de O dilema do porco espinho, seria célebre em abordar desse fenômeno social cada vez mais presente e preocupante. É através dessa metáfora que questões profundas são consideradas. O historiador Leandro Karnal soube se utilizar muito bem desse delicado tema no livro O dilema do porco espinho: como encarar a solidão.
     O ensaio, através de fontes diversas como a Bíblia, o Corão, clássicos da literatura, biografias de sujeitos, pinturas e leis, nos trazem a complexidade do objeto. A solidão, embora seja única, é ao mesmo tempo múltipla quando abordada com um enfoque. Para a medicina, um sintoma patológico; para o artista, um mal necessário, e até bem-vindo; para o religioso e o sábio, caminho de iluminação.
     A obra é dividida, já em sua segunda edição, traz uma apresentação acertada do tema, seis capítulos e uma conclusão. No primeiro capítulo do livro, Karnal nos leva a refletir sobre a tradição judaico-cristã, mostrando pontos de convergência e as largas divergências entre cristão e judeus em lidar com a solidão. O individualismo da modernidade é retratado aqui como um dos fatores para o isolamento social.
     O capítulo dois, se desdobra sobre o contemporâneo e a relação que os seres humanos desenvolveram com as novas tecnologias. Quase sempre uma relação de dependência, quase a nível químico, e alienação. No capítulo seguinte, ele faz uma distinção entre solidão e solitude. Suas fontes aqui são os clássicos da literatura e os explora muito bem, numa relação entre História e Literatura.
     Em O Deus da Solidão, Karnal oferece mais uma vez a relação entre as religiões e a solidão. Expandindo o escopo para outras religiões além das monoteístas. Por aqui desfila a vida de vários santos e líderes religiosos. O próximo capítulo avança na área de História e Cinema. As representações sobre o isolamento humano são tratadas aqui, bem como suas consequências no imaginário social. O último capítulo vai abordar um tema caro ao Brasil, e talvez, esse seja um dos melhores desse livro: o encarceramento.
     Assim como muitos outros dos seus ensaios, os livros, embora sejam curtos, não traz leitura descompromissada. Os temas sempre são relevantes. É leve, gostosos de ler, com linguagem acessível a qualquer leitor, principalmente os que não são acadêmicos o que deveria ser uma preocupação de muitos cientistas e editoras. São cerca de 200 páginas. O livro conclui com uma pergunta capciosa, mas de necessária reflexão. Livro recomendado para qualquer leitor que deseje entender a questão da solidão e do isolamento.

Para adquirir o livro, acesse aqui:
https://www.amazon.com.br/dilema-porco-espinho-Como-encarar-solid%C3%A3o/dp/8542214366


Biografia:
Caliel Alves nasceu em Araçás/BA. Desde jovem se aventurou no mundo dos quadrinhos e mangás. Adora animes e coleciona quadrinhos nacionais de autores independentes. Começou escrevendo poemas e crônicas no Ensino Médio. Já escreveu contos, noveletas, resenhas e artigos publicados em plataformas na internet e em algumas revistas literárias. Desde 2019 vem participando de várias antologias como Leyendas mexicanas (Dark Books) e Insólito (Cavalo Café). Publicou o livro de poemas Poesias crocantes em e-book na Amazon.
Número de vezes que este texto foi lido: 29


Outros títulos do mesmo autor

Resenhas Explorar é preciso! Viver? Nem tanto... Caliel Alves dos Santos
Resenhas Floresceram poemas no quintal Caliel Alves dos Santos
Resenhas O espírito ainda anda Caliel Alves dos Santos
Artigos A história até a História Caliel Alves dos Santos
Resenhas A paixão como eterno crime culposo Caliel Alves dos Santos
Resenhas Os sonhos não acabam Caliel Alves dos Santos
Resenhas Uma mão sempre arruma uma boa luva Caliel Alves dos Santos
Resenhas Bem-vindo ao Mundo Fantástico Caliel Alves dos Santos
Resenhas Literatura eletrizante! Caliel Alves dos Santos
Resenhas Eternas aventuras de meninos Caliel Alves dos Santos

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 21 até 30 de um total de 105.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
MENINA - 35091 Visitas
sei quem sou? - 35072 Visitas
A menina e o desenho - 34985 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 34912 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 34531 Visitas
Aspectos da Usucapião - Agatha Sthefanini Silva Ferreira 34525 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 33640 Visitas
Anistia para a imprensa - Domingos Bezerra Lima Filho 33613 Visitas
Super Super Episódio 1 - Rafael Nascimento Costa 33544 Visitas
O Senhor dos Sonhos - Sérgio Vale 33492 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última