Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Confins de janeiro
Flora Fernweh

Encerra-se a procissão de Iemanjá
Por atlânticas águas que dormem
salgando as praias em fervo bom
foram dias de ousadas belezas
vida ao bronze em sol intenso
tropicais recordações remanescem
como uma sensação selvagem
de corpo e exuberância febris
em sagrada redenção terrena
Janeiro é a saudade do princípio
Seu fim é um adeus ao mistério
daquilo que é recente e existe
Tempo de quem ama o mar
E o transforma em poesia
Época de festas suntuosas
E de recolhimento para si
Impera o ócio, a maré alta
Longínquo de obrigações
É Tempo de quem ama
De quem se deixa levar
por brisa inconfundível
Janus dos ciclos
Esvai-se leve com a chuva
anuncia o retorno da razão
nos carnavais do porvir
mascarando a dureza
com belíssimas cores
antes que o ano
novamente se revele


Biografia:
Sobre minha pessoa, pouco sei, mas posso dizer que sou aquela que na vida anda só, que faz da escrita sua amante, que desvenda as veredas mais profundas do deserto que nela existe, que transborda suas paixões do modo mais feroz, que nunca está em lugar algum, mas que jamais deixará de ser um mistério a ser desvendado pelas ventanias. 
Número de vezes que este texto foi lido: 241


Outros títulos do mesmo autor

Sonetos Lágrimas em minha janela Flora Fernweh
Contos Homens da Noite Flora Fernweh
Poesias Rio de Janeiro Flora Fernweh
Poesias Me procuro Flora Fernweh
Poesias Definição de amor Flora Fernweh
Resenhas O barco das crianças - impressões pessoais Flora Fernweh
Resenhas Arte como terapia - impressões pessoais Flora Fernweh
Resenhas O profeta, de Khalil Gibran - impressões pessoais Flora Fernweh
Resenhas As coisas que você só vê quando desacelera- impressões Flora Fernweh
Resenhas O império e os novos bárbaros - impressões pessoais Flora Fernweh

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 383.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
1 centavo - Roni Fernandes 54802 Visitas
O TEMPO QUE MOVE A ALMA - Leonardo de Souza Dutra 54795 Visitas
frase 935 - Anderson C. D. de Oliveira 54657 Visitas
Ano Novo com energias renovadas - Isnar Amaral 54554 Visitas
Amores! - 54524 Visitas
NÃO FIQUE - Gabriel Groke 54505 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 54495 Visitas
saudades de chorar - Rônaldy Lemos 54458 Visitas
Jazz (ou Música e Tomates) - Sérgio Vale 54420 Visitas
PARA ONDE FORAM OS ESPÍRITOS DOS DINOSSAUROS? - Henrique Pompilio de Araujo 54392 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última