Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Um presente será nos dado
Matilde Diesel Borille

Como a águia
senta no topo da árvore alta e forte para contemplar o Sol, senta um pouco aqui neste lugar elevado.
Não será em vão.
Finda-se o tempo de espera.
Um presente será nos dado.
O olhar de Deus está sobre aquela cujo coração intenso em amor é plenamente dele. Olhe para o Senhor, é fundamental para que consiga entender que os olhos dele também estão sobre você.
Olhe o céu agora.
Um anjo, obedecendo à voz da palavra do Criador, levanta as asas e, de lá, das alturas, tão distante, desce e entra no lugar designado, a casa onde o sonho acontece.
Não olhe, não olhe agora, eu lhe imploro, espere que teus olhos se acostumem com a luz no espaço secreto dela, para ver com a luz clara que a jovem mulher tem a essência da pureza e da simplicidade, o mensageiro, é a figura da luz e da humildade; faz o anúncio, alegra-a em Deus e vai embora.
Está bem, pode olhar. É tudo sublime. Alegre-se, ela acolheu o desafio que lhe foi proposto, no seu ventre tomou corpo a esperança dos pobres, e nada mais será melhor ou mais perfeito, mais gratificante e maravilhoso para a humanidade.
Ao dizer o "Sim!" a mente da sua alma se abriu, e ela como ela própria mergulhou em profundo silêncio, - e eis que a verdade se lhe revelou: o "Todo-poderoso fez grandes coisas por ela".
E, serva tornada em luz ela viu o que só o olhar da alma firme e pura pode ver, a presença que trazia no seu interior era Cristo Jesus, o qual esvaziou-se a si mesmo e tomou a forma de servo.
Olhou, viu?
Saia para a rua e fale do sonho da humanidade, se referindo a tudo que realmente viu naquele dia de céu limpo e claro: Deus fez na jovem mulher maravilhas, homens honrarão nela nesta vida e na vida futura o Salvador do mundo.


Biografia:

Este texto é administrado por: MATILDE DIESEL BORILLE
Número de vezes que este texto foi lido: 52972


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Um presente será nos dado Matilde Diesel Borille
Poesias Menino Sol Matilde Diesel Borille
Poesias Tão flores Matilde Diesel Borille
Poesias Poema de coragem Matilde Diesel Borille
Poesias Como mil sóis Matilde Diesel Borille
Poesias Peregrino de coração Matilde Diesel Borille
Poesias Céu lindo Céu Matilde Diesel Borille
Poesias Iluminar-se Matilde Diesel Borille
Poesias Dom de amar Matilde Diesel Borille
Poesias Júbilo Matilde Diesel Borille

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 69.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
JASMIM - evandro baptista de araujo 69085 Visitas
ANOITECIMENTOS - Edmir Carvalho 57981 Visitas
Contraportada de la novela Obscuro sueño de Jesús - udonge 57638 Visitas
Camden: O Avivamento Que Mudou O Movimento Evangélico - Eliel dos santos silva 55912 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 55231 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 55216 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 55098 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 54973 Visitas
Sobrenatural: A Vida de William Branham - Owen Jorgensen 54970 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 54969 Visitas

Páginas: Próxima Última