Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
VINDE A MIM OS PEQUENINOS
Saulo Piva Romero

HOUVE UM DIA EM QUE JESUS E OS SEUS DOZE DISCÍPULOS ESTAVAM A CAMINHO DE JERUSALÉM E ALGUNS CAMPONESES DA REGIÃO SE APROXIMARAM DO MESTRE PARA OUVÍ-LO FALAR DO REINO DOS CÉUS.
ESSES CAMPONESES ESTAVAM ACOMPANHADOS DOS SEUS FILHOS QUE AINDA ERAM MUITO PEQUENINOS.
ALGUMAS DESSAS CRIANCINHAS QUANDO AVISTARAM JESUS FORAM CORENDO EM DIREÇÃO A ELE PARA ABRAÇÁ-LO.
MAS OS SEUS DISCÍPULOS NÃO DEIXARAM QUE ELAS SE APROXIMASSEM DO MESTRE, POIS, ELE ESTAVA MUITO CANSADO DEVIDO A LONGA VIAGEM ATÉ AQUELE HUMILDE VILAREJO DE CAMPONESES.
JESUS VENDO OS DÍSCIPULOS ZANGADOS COM AS CRIANCINHAS PORQUE ELAS INSISTIAM EM FALAR COM ELE PARA QUE RECEBESSEM A SUA BENÇÃO FICOU MUITO ABORRECIDO E IMEDIATAMENTE CHAMOU PEDRO E TOMÉ E MUITO CONTRARIADO REPREENDEU-LHES DIZENDO:
- QUE VENHA A MIM ESSES PEQUENINOS PORQUE DELES É O REINO DOS CÉUS, POIS SÃO INOCENTES, SINCEROS E PUROS DE CORAÇÃO!
ASSIM OS SEUS DISCÍPULOS LIBERAM A PASSAGEM DAS CRIANCINHAS PARA QUE ELAS FOSSEM SE SENTAR AO LADO DELE.
AS CRIANCINHAS ESTAVAM TÃO FELIZES QUE AO SE APROXIMAREM DE JESUS CONSEGUIRAM DERRUBÁ-LO AO GRAMADO E SUBIRAM EM CIMA DA SUA BARRIGA.
JESUS, LOGO ABRIR UM LARGO SORRISO, POIS, VIA NAQUELA ATITUDE A SINCERIDADE E A INOCÊNCIA DOS PEQUENINOS.
NAQUELA TARDE, O MESTRE VOLTOU A SER O MENINO JESUS DOS TEMPOS DE NAZARÉ, POIS, AGIA E BRINCAVA COMO UMA CRIANÇA.
AS CRIANCINHAS ESTAVAM ENCANTADAS COM A DOÇURA DE JESUS.
DEPOIS DE ALGUNS MOMENTOS DE CARINHO ENTRE O MESTRE E OS PEQUENINOS.
ELE DISSE:
- VOCÊS SABEM DE ONDE EU VENHO?
OS PEQUENINOS RESPONDERAM:
-NÃO MESTRE! MAS, SE O SENHOR É UM REI, DEVE MORAR NUM CASTELO CERCADO DE MUITAS MURALHAS.
JESUS COM SEU OLHAR MEIGO E CATIVANTE, RESPONDEU PARA AQUELES INOCENTES ANJINHOS.
SIM, MEUS PEQUENINOS, EU VENHO DE UM CASTELO QUE FICA NO CÉU.
OS PEQUINOS, ENTÃO SAUDARAM JESUS.
- VIVA O NOSSO REI!
VOCÊS JÁ OUVIRAM FALAR DO REINO DOS CÉUS?
E OS PEQUENINOS CURIOSOS, RESPONDERAM:
-AINDA NÃO, PODEROSO REI!
ENTÃO JESUS DISSE:
O REI DOS CÉUS É MEU REINO. EU MORO LÁ COM MEU PAPAI.
OS PEQUENINOS AINDA MAIS CURIOSOS, PERGUNTARAM:
- QUEM É O PAPAI?
JESUS RESPONDEU OLHANDO CARINHOSAMENTE PARA AS CRIANCINHAS:
- MEU PAPAI É DEUS, O CRIADOR DO CÉU E DA TERRA. ELE É O DONO DO MUNDO E DE TUDO O QUE HÁ NELE.
ELE ME ENVIOU PARA O MUNDO PARA EU SALVE A VIDA DE TODOS QUE MORAM NESSA TERRA E PARA QUE EU LIBERTE TODAS AS PESSOAS QUE VIVEM NO PLANETA TERRA, LIVRANDO-OS DOS SEUS PECADOS.
JESUS FICOU NA COMPANHIA DOS PEQUENINOS DURANTE TODA A TARDE. ELES COMERAM PÃES, PEIXES E BEBERAM UM DELICIOSO SUCO DE UVA. JESUS FEZ UM GRANDE PIQUENIQUE NO GRAMADO DO MONTE DAS OLIVEIRAS.
DEPOIS QUE OS SEUS SÁBIOS PEQUENINOS SACIARAM A FOME, JESUS ABRAÇOU E BEIJOU CADA UM DELES E EM SEGUIDA CHAMOU OS SEUS DOZE DISCÍPULOS E DISSE:
- EU ESPERO QUE VOCÊS TENHAM APRENDIDO MUITO COM OS MEUS PEQUENINOS, POIS, ELES NOS ENSINARAM QUE TEMOS QUE SER HUMILDES, TER SENTIMENTOS PUROS E SERMOS SINCEROS DE ALMA E CORAÇÃO.
OS PEQUENINOS SÃO VERDADEIRAMENTE MAIS SENSÍVEIS AO AMOR DE MEU PAI QUE ESTÁ NO CÉU E ELE SE AGRADA DESSE SENTIMENTO QUE ELES CARREGAM NOS SEUS CORAÇÕES INOCENTES.
- "DEIXAI VIR A MIM OS PEQUENINOS E NÃO OS IMPEÇAM; POIS O REINO DOS CÉUS PERTENCE AOS QUE SÃO SEMELHANTES A ELES”.
"MEUS DOZE APRENDIZES NUNCA MAIS SEJAM INDELICADOS COM OS MEUS PEQUENINOS, POIS, SE NÃO APRENDEREM A ENXERGAREM A VIDA COM OS OLHOS DE UMA CRIANÇA, JAMAIS VÃO ENTRAR NO REINO DOS CÉUS”.
ASSIM O MESTRE JESUS SE DESPEDIU DOS PEQUENINOS ABENÇOANDO A VIDA DE TODOS E ANTES DE SEGUIR DE VOLTA PARA A CASA, OS PEQUENINOS DERAM UMA LINDA OVELHINHA RECÉM- NASCIDA A JESUS COMO LEMBRANÇA DAQUELA TARDE INESQUECÍVEL QUE PASSARAM AO LADO DELE.
ENTÃO, JESUS AGRADECEU AOS PEQUENINOS, ACOMODOU A INOCENTE OVELHINHA RECÉM-NASCIDA NO SEU COLO E DESCEU DO MONTE DAS OLIVEIRAS COM OS OLHOS BRILHANDO E COM UM LARGO SORRISO FEITO UMA CRIANÇA QUANDO CONQUISTA O BRINQUEDO QUE TANTO SONHAVA.


Biografia:
Saulo Piva Romero, professor de Língua Portuguesa e Poeta, 49 anos. Nasceu em São Paulo no dia 9 de março de 1972. Começou a escrever poesias aos 18 anos. É formado em Letras pelas Faculdades Associadas do Ipiranga com Licenciatura Plena em Língua Portuguesa, Inglesa e Literatura.Em 2000 publicou seu primeiro livro Vida, amor e esperança.
Número de vezes que este texto foi lido: 46794


Outros títulos do mesmo autor

Contos A COROA DO IMPERADOR Saulo Piva Romero
Contos A VACA FOI PARA O BREJO Saulo Piva Romero
Contos BELINHA E O CHAPÉU COR-DE- ROSA Saulo Piva Romero
Contos A BRUXA QUE SE TRANSFORMAVA EM PRINCESA Saulo Piva Romero
Contos O CASAMENTO DA FILHA DO SOL E DA LUA Saulo Piva Romero
Contos O SONHO DO CAÇADOR Saulo Piva Romero
Contos OS PASSEIOS MISTERIOSOS DA DONA BARATA Saulo Piva Romero
Contos OTONIEL E TALMAI Saulo Piva Romero
Contos EU, VOVÔ E AS CABRAS Saulo Piva Romero
Contos PAPAI PAPUDO Saulo Piva Romero

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 301.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 49567 Visitas
Amores! - 49167 Visitas
Faça alguém feliz - 49166 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 48932 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 48882 Visitas
Ano Novo com energias renovadas - Isnar Amaral 48869 Visitas
saudades de chorar - Rônaldy Lemos 48705 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 48699 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 48645 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 48582 Visitas

Páginas: Próxima Última