Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Por que pensão tem que acabar em prisão?!
Carolina Cortez

Começo este artigo com a certeza de que serei contrariada pela maioria das pessoas.

Mas, espero compreensão de alguns, principalmente das feministas.

O fato é que não concordo com a prisão de quem não paga pensão alimentícia, a qual, em geral, recai sobre o pai.

Não que eu seja a favor do desamparo financeiro em relação à criança, porém, devemos analisar caso por caso.

Muito se luta pelos direitos das mulheres, os quais eu concordo. Mas, deixamos de perceber que o homem é vítima do próprio machismo que ronda a nossa sociedade.

O homem é criado por figuras heróicas valentes, superdotados, com poderes inalcançáveis.

No inconsciente destes garotos, fica a mensagem subliminar de que os mesmos devem ser homens invencíveis, provedores, etc...., mas com etc bem mais forte do que um homem suportaria, a tal ponto de se determinar que ele não tem nem sequer o direito de derramar uma lágrima.

No machismo, o homem não pode brincar de boneca, de casinha, ou seja, não pode desenvolver sua sensibilidade.

Talvez com o feminismo pleiteando seus direitos iguais, mostrando a força da mulher na sociedade, a ala masculina esteja pleiteando o direito de demonstrar sua fraqueza.

Todo pai tem seu lado fraco, humano e sensível.

Não é todo o pai que tem condições de pagar pensão. Como?! Se há casos em que ele não tem condições nem de se sustentar!

Muitos vão afirmar, " É, mas por que então colocou filho no mundo?!" Volto a dizer, cada caso é um caso. E se , na época, esse pai tinha saúde financeira, mas, por circunstâncias alheias, ele faliu, surtou desencadeando uma série de consequências drásticas que o impossibilitou de trabalhar?!

É justo ele ser condenado por algo que não tem ou não teve culpa?!

Um pai não tem apenas o dever e o direito financeiro em relação à sua prole (quando tem condições de assim o fazer), mas sim, ele tem o direito de exercer a figura paterna na vida de seu filho, independentemente de sua condição monetária. Convivência paterna com sua respectiva criança não deve ser sinônimo de barganha.

Não! Muitos pais não têm condições de sustentar financeiramente seus filhos, mas sim de educá los, dar lhes amor e os cuidados necessários do dia a dia. E por que não?!

Por que o bem estar de uma criança deve ser pautado principalmente no dinheiro?!...Que entre a figura materna, a qual luta com muita dignidade no mercado de trabalho participando ativamente com o seu financeiro deixando de lado a idéia de tolhir a sua prole da convivência paterna em caso de ausência de pagamento de pensão.

Por que não inverter os papéis?! Se a mulher tem o direito de sair para conquistar o seu espaço fora de casa, o homem tem, também, o direito de conquistar o seu espaço dentro de casa.

Muitos vão pensar em fracasso masculino, e eu volto a repetir, diante desta idéia absurda, não é só a mulher que é vítima do machismo social, mas sim, também o homem, quiça, não seja a principal.


Biografia:
Sou Carolina e escrevo, pois isso faz bem para minha mente e alma. Tenho um blog , seu endereço é entendacomoquisercarolcortez.blogspot.com e mail:cmscortezmi@gmail.com abç
Número de vezes que este texto foi lido: 429


Outros títulos do mesmo autor

Contos Trânsito Carolina Cortez
Artigos Reciclagem Carolina Cortez
Contos Direito à um nome Carolina Cortez
Artigos Guilhermina Carolina Cortez
Artigos Amor, estranha lágrima Carolina Cortez
Artigos "Enta" Carolina Cortez
Contos Rafaela Carolina Cortez
Artigos "Fome de que?!" Carolina Cortez
Contos Neide Carolina Cortez
Artigos Desmamar Carolina Cortez

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 54.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 69439 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55906 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 47742 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44625 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44285 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43908 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 42957 Visitas
viramundo vai a frança - 41970 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41822 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41537 Visitas

Páginas: Próxima Última