Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A "IA" e o xadrez
DIRCEU DETROZ

Já não é mais apenas na ficção. Muito se tem falado, escrito e discutido sobre a Inteligência Artificial. O script de vários cenários descreve o nosso planeta dominado por máquinas. Qual papel sobrará para os seres humanos neste mundo. Há consenso de que a dominação acontecerá ainda no século em que estamos.

No final de outubro a mídia estampou reportagens sobre o computador quântico desenvolvido pelo Google. Algumas manchetes vieram como “Supremacia Quântica”. A palavra supremacia é perigosa. Em minutos este computador executa cálculos que os computadores mais velozes até então levariam 10 mil anos para calcular.

Sem entrar no mérito do novo mundo que a computação quântica será capaz de criar, ficaremos apenas na nova palavra que entrou em nosso vocabulário. Os bits 0 e 1 agora tornaram-se obsoletos. Com os “Qubits”, temos o que foi chamado de “Superposição”. Pode assumir diversos estados entre o 0 e 1.

Chega de falar no futuro da Inteligência Artificial. Vamos retornar ao seu passado quando no script, na mídia e nos documentários que ainda hoje podem ser assistidos estiveram o jogo de xadrez e Gary Kasparov. Um russo que foi campeão mundial de xadrez em 1985, 1992, 1993 e 2000.

Em 1985, acontecerem os primeiros jogos entre um campeão mundial e o computador. Na ocasião Kasparov venceu 32 máquinas simultaneamente. Desafiado pela IBM que tinha criado o “Deep Blue”, um ano depois Kasparov venceu o match por 4x2. Foi a primeira vez que computador venceu partidas de um campeão humano.

Com o “Deep Blue” aperfeiçoado, no ano seguinte por pequena margem 3,5 a 2,5, a máquina venceria o campeão. O famoso lance 44 do jogo dois fez Kasparov suspeitar que a IBM estava trapaceando. De que houve a intervenção humana. O que pelas regras estava proibido. Não houve trapaça, mas o “Deep Blue” precisou dos humanos para jogar xadrez. Ele foi programado com milhares de jogos de grandes jogadores humanos.

Do “Deep Blue” da IBM para o “AlphaGo” do Google a evolução da Inteligência Artificial foi assustadora. O “AlphaGo” só precisou da ajuda humana com as regras do xadrez. Quatro horas depois tinha aprendido a jogar xadrez sozinho. Isto também é possível para um ser humano? A resposta certamente é sim. Impossível seria vencer ou empatar todas as partidas desde então. O “AlphaGo” nunca foi derrotado, e não apenas no xadrez. Em outros dois jogos de tabuleiro, no “Go” e no “Shogi” também.

A evolução do “AlphaGo” foi além. Sabe-se que o xadrez possui 10⁵⁰ posições possíveis. No match contra o programa de xadrez “Stockfish”, o “AlphaGo” precisou consultar apenas 80 mil posições por segundo para vencer. O adversário foi derrotado consultando 70 milhões de possibilidades. No xadrez já somos obsoletos e descartáveis.


Biografia:
Sou catarinense, natural da cidade de Rio Negrinho. Minhas colunas são publicadas as sextas-feiras, no Jornal do Povo. Uma atividade sem remuneração.Meus poemas eu publico em alguns sites. Meu e-mail para contato é: dirzz@uol.com.br.
Número de vezes que este texto foi lido: 48


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas O alvorecer do transumanismo DIRCEU DETROZ
Crônicas Do homem palito a Annie DIRCEU DETROZ
Crônicas Sinais terráqueos DIRCEU DETROZ
Poesias PROMÍSCUOS DIRCEU DETROZ
Poesias POSSUÍDOS DIRCEU DETROZ
Crônicas 10% humano DIRCEU DETROZ
Poesias A ideologia dos algoritmos DIRCEU DETROZ
Poesias TEMPOS DE NEGAÇÃO DIRCEU DETROZ
Poesias PARAÍSO DIRCEU DETROZ
Crônicas A "IA" e o xadrez DIRCEU DETROZ

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 952.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 58750 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53288 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42433 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39471 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 36099 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 35556 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 34325 Visitas
Amores! - 33810 Visitas
Desabafo - 33425 Visitas
Faça alguém feliz - 32027 Visitas

Páginas: Próxima Última