Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
BALADEIRA
BENEDITO JOSÉ CARDOSO

BALADEIRA

Sentou-se a beira
Sentiu a firmeza
A maciez
Quando sentou
Deitou na baladeira
Após o bucho estufado
Para a sesta da tarde
Hibernou
Sonhou como criança
Recuperou mais um pedaço
Do cansaço
E para o resto da tarde
Voltou
Paraense
Esse jeito
Diferente
Que do indio
O Caboclo
Herdou


Biografia:
"As obras do artista só têm valor, quando consegue atingir a sensibilidade daqueles que entendem"
Número de vezes que este texto foi lido: 202


Outros títulos do mesmo autor

Poesias MUDANÇAS DE HÁBITOS  BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias Quando tudo passar BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias RUA INCLUSÃO BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias O PEQUENO EMANOEL BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias PROCLAMAÇÃO BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias Narrativas da vida real BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Cordel O DEDO MILAGROSO BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias FINADOS BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias DOIS CORPOS BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias MAR DE FÉ II BENEDITO JOSÉ CARDOSO

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 127.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 64441 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 54260 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43128 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 42707 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 40628 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40192 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 37653 Visitas
Amores! - 35865 Visitas
Desabafo - 35280 Visitas
Faça alguém feliz - 33699 Visitas

Páginas: Próxima Última