Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Zumbis Coldly`s
Bia Nahas

O gelo transforma
o coração aquecido que molda
e fortalece os frios desumanos
Em detrimento dos humanos.

A cidade entra em desespero,
Num só caos e medo
Quando o vírus se alastra pela cidade
Fazendo pessoas cometerem atrocidades.

O branco zumbi
Coldly
suga
a capacidade de empática escuta.

A orelha é o lugar do primeiro ataque
Em que o Coldly com sua língua a assola
E a substitui por uma rede de fios que cabe
No novo órgão de audição que torna a pessoa morta.

Morta para convívio social
Porque se torna extremamente irracional.
Morta para ter algum sentimento
Pelo frio que congelou seu coração de puro gelo.

O coração é o segundo lugar
Que o Coldly ataca, pois ele não pode mais amar.
O peito é atingido por uma chuva de gelo
Que sai da boca do coldly em sofrimento.

Os Coldly`s aumentam seu exército
Porque querem mais e mais servos
Que são controlados por um sistema operacional
Para fazerem o que o desamor ordena de essencial.

O terceiro lugar de ataque é o cérebro
Que é incapaz de por alguém ter algum esmero
Já que o cérebro se torna uma máquina
Em que a um sistema tecnológico é uma empregada.

Eles atacam cidades inteiras
Procurando fáceis presas
Como numa empresa em que eu trabalho
Com tantas pessoas mudando em nome desse fato.

Justificam grosserias e falta de respeito
De funcionários e autoridades
Com um sistema que preza o dinheiro
E por isso, são intimadas à perderem sua sensibilidade.

Essas pessoas se transformam em Coldly`s
Que não sabem mais sorrir nem o outro ouvir
E são alienadas e fascinadas tornando uma religião
O sistema que sua individualidade faz uma opressão.

´E necessário saber dizer “não”
e possibilitar a emoção ao coração
e a mente que pode ver a realidade criticamente
para escutar os outros empaticamente.

Os Coldly`s atacam a empresa.
Os sobreviventes se trancam na cozinha da mesma.
Não sabem o que fazer para se defender
Já que nem a polícia consegue os enfraquecer.

Até que uma funcionária tem uma boa ideia
ao observar como atacam os funcionários que não conseguiram escapar
Já que os Coldly´s são mais rápidos do que os humanos
Porque eles querem mais e mais causar danos.

A funcionária olhou para o fogão e as laranjas:
E pensou: Por quê não deixá-las em chamas?
O fogo é a arma do nosso exército,
Pois ele aquece o coração com o amor no peito.

Pegamos todas as laranjas da cozinha
E cada um tinha uma tocha sendo a saída.
Nosso ataque foi ao coração
Para que eles despertem da escuridão.

Há formas de ao sistema nos adaptar
Sem precisar em Coldly`s nos transformar
Porque o respeito deve ser a nossa defesa
Para que não sejamos a eles fáceis presas.

O fogo ao gelo foi a cura
para ganharmos a luta
e evitarmos o extermínio
com o poder de um respeitoso sorriso...


Biografia:
Oi, gente! Sou a Bia. Tenho 22 anos. Moro em São Paulo capital. Estou fazendo faculdade de psicologia. Cada poema é muito especial e único, pois expresso alguma inquietação social ou pessoal. Faço encomendas de poesias. Quem quiser me conhecer, será um prazer. Mande um e-mail que eu respondo. Email para contato: nahasbeatriz@gmail.com Meu blog pessoal de poesias: www.rumoaminhamente.blogspot.com.br Twitter: @Bia__Nahas
Número de vezes que este texto foi lido: 236


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Graça e Beleza Bia Nahas
Poesias Princesa Sabrina Bia Nahas
Poesias Cântico aos Sereianos Bia Nahas
Poesias Sol No Olhar Bia Nahas
Poesias Celebrando Bia Nahas
Poesias Querida Jardineira Amiga Bia Nahas
Poesias Insistência ao Indivíduo Bia Nahas
Poesias Introspectiva Dança Bia Nahas
Poesias Mente Ciente - Poesia Concreta 1 Bia Nahas
Poesias Vendedora de Flores Bia Nahas

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 310.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 62262 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53877 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42857 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39917 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 37529 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 37088 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 36907 Visitas
Amores! - 34968 Visitas
Desabafo - 34511 Visitas
Faça alguém feliz - 32936 Visitas

Páginas: Próxima Última