Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A Divina Tragédia no Inferno dos Imbecis
Leticia Ferreira

E ai de mim que, preso na lamúria
Casto, insondável infortúnio,
Vejo então a esperança que aturdia
Fixa em teu olhar diurno.

Ai de mim, pobre homem perdedor
Desço ao inferno, venço fogo, medo
E o hálito azedo do anjo sofredor
Para no final morrer em desmazelo

Terrível mestre sozinho
E sem amor.
Que vive moribundo no ninho
“Aninhado”, talvez, nos prelúdios da dor.

Mas que fiasco,
E eu aqui bancando o herói.
Sigo empunhando distorcida espada de papel
Que aos outros não fere e a mim destrói.
Maldito mocinho de cordel.

Eu que pensei ser Dante,
Fui ao âmago do etéreo causar o motim de dois mundos
Trazer de volta o que jamais fora adiante
Aquilo que havia perdido num instante
Último suspiro de seus lábios pálidos

Lamentações, devaneios...
Odiados, vis, certeiros.
Perambulam em meu cérebro carregando
O tesouro de mil contrabandos
Um par de olhos da cor de braseiros.


Biografia:
Pisciana, devoradora de livros, chocolates e Froot Loops. Ainda acho que Estrelitas foi o melhor cereal já feito e lamento que tenham fabricado tão pouco do Guaraná Antártica Ice. Formada precocemente no ensino médio e mais ainda na faculdade de Comunicação Social. Só existem três paixões absurdamente claras na minha vida e elas se resumem em: Literatura, teatro e música. Estou tentanto achar um sentido mais claro na vida do que apenas existir, no entanto, fazer isso me basta por enquanto. Complicada, persistente, imatura e apaixonada por travesseiros de penas, papel higiênico de folha dupla, iogurte grego de frutas vermelhas e torradas com nutella. Ladra de bibliotecas, caçadora de obras antigas e verdadeira apaixonada pelo cheiro das páginas velhas. Minha mente é somente violável através do que me permito escrever. Muitas vezes, a coisa foge de controle e as palavras se sobrepõem à vontade, porém, acredito que saberão lidar com isso. Sem mais, Au Revoir.
Número de vezes que este texto foi lido: 54710


Outros títulos do mesmo autor

Contos O Pecado do Soldado Leticia Ferreira
Poesias O Farol de Almas Leticia Ferreira
Roteiros Não se Apaixone por Veronica Prestor Leticia Ferreira
Poesias Lágrimas de Meretriz Leticia Ferreira
Poesias Holofotes em Asas de Anjos Morenos Leticia Ferreira
Poesias Estátua Leticia Ferreira
Poesias No Escuro da Noite Leticia Ferreira
Poesias Cansei de não morrer Leticia Ferreira
Poesias O Louco na Árvore das Amêndoas Leticia Ferreira
Poesias Servo de coração Leticia Ferreira

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 13.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Vocabulario nipo-brasileiro (UDONGE) - udonge 54959 Visitas
Amores! - 54851 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 54831 Visitas
Desabafo - 54826 Visitas
Dores da paixão - Ivone Boechat 54826 Visitas
Leite com Pimenta - Rafael da Silva Claro 54825 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54824 Visitas
🔴 Conto de fardas - Rafael da Silva Claro 54820 Visitas
A menina e o desenho - 54816 Visitas
Vivo com.. - 54813 Visitas

Páginas: Próxima Última