Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Equilíbrio nas Nossas Vidas
Bia Nahas

Ainda choro pelas injustiças
nas nossas vidas
por algumas crianças
não poderem brincar
Só trabalhar,
não poderem comer
Só adoecer;
Por ver pessoas
em barracos outras em palácios,
umas com iates outras em ônibus lotados
umas com mesas fartas outras comendo a migalhas
umas com um closet de roupas outras andando descalça
umas com segurança, saúde e educação
outras sem muita qualidade nos serviços como retribuição.

Ainda renego a corrupção
que fere os impulsos da natural evolução,
Pois os direitos
de trabalhadores brasileiros
são levados ao abismo do esquecimento.

Ainda não gosto
quando vejo guerras
na competição entre territórios,
entre mercados,
entre mulheres por um homem,
entre quem dos rapazes tem maiores músculos,
entre quem ganha mais curtidas no facebook
como se a vida tivesse
esse único objetivo.

Ainda rejeito
o uso excessivo das máquinas
Que tornam as pessoas em robôs
fugindo para um mundo virtual
afastando-as da vida real

Ainda critico
quando a educação
é vista apenas como um investimento,
quando vender diplomas
é mais importante
do que desenvolver o senso crítico.

Ainda me insatisfaz
a ignorância da diversidade
e o molde a uma única personaiidade.
O racismo, o machismo
o bullying e a homofobia
afastam as pessoas
quando o que mais precisa é de união
contra tantas desgraças.

Ainda condeno
a devastação de florestas,
a extinção de animais,
a poluição do ar, do mar
a troco de moedas para se lucrar.

Ainda ainda ainda…
(mais quantos problemas poderiam ser citados?)

Mas, aprendi, para não enlouquecer,
a lidar com o tempo do mundo.
Não posso curar tudo em um segundo.
Aprendi também, para não ser ignorante,
a ter o espírito de ir sempre a diante
tanto convivendo com a população
quanto na minha futura profissão.

Se está insatisfeito com a situação,
seja o agente da transformação
Como professor ou cantor
como cozinheiro ou prefeito.

Porque a paz com senso crítico
é só alcançada pelo equilíbrio.
Precisamos dar um propósito
a nossa vida
de entre o reproduzir e o produzir
entre o aceitar e o contestar
ser alguém que tentou algo mudar.
Só podemos porque vivemos.
Só podemos porque queremos.

O equilíbrio é a chave de aceitar e questionar
o mundo
sem ser ignorante nem louco.
Trabalhar e Protestar
Estudar e Reformular
Pensar e Sentir
Assim, com o amor, conquistaremos o mundo
para nós evoluirmos mais rápido
cada dia mais um pouco.



Biografia:
Oi, gente! Meu nome é beatriz nahas.Tenho 20 anos. Sou de São Paulo capital. Estou fazendo faculdade de psicologia. Cada poema é muito especial e único, pois expresso alguma inquietação social ou pessoal. Faço encomendas de poesias. ´E só me pedir por email que será um prazer fazê-la. Email para contato: nahasbeatriz@gmail.com Meu blog pessoal de poesias: www.rumoaminhamente.blogspot.com.br Twitter: @Bia__Nahas
Número de vezes que este texto foi lido: 28589


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Escolhas no Corredor Bia Nahas
Poesias Palavras em Chamas Bia Nahas
Poesias Sossego na Padaria Bia Nahas
Poesias Singular Casa Bia Nahas
Poesias Alguém Me Visita Bia Nahas
Poesias Te Apoiarei Bia Nahas
Poesias Gerações em Diálogo Bia Nahas
Poesias Vôlei da Culpa Bia Nahas
Poesias Encontro com a letra Bia Nahas
Poesias Coragem de Tartaruga Bia Nahas

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 266.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 55639 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 52859 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39210 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 34144 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 33352 Visitas
Amores! - 32886 Visitas
Desabafo - 32489 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 31625 Visitas
Faça alguém feliz - 31360 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 31057 Visitas

Páginas: Próxima Última