Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Salmo 1
Aradia Rhianon

Salmo 1
“1Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores”.
2Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
3Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
4Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
5Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
6Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.”.

O que são as bem aventuranças?
São os ensinamentos oriundos do Evangelho para ensinar e revelar aos homens a verdadeira felicidade. Anuncia também a vinda do Reino de Deus através das palavras e ações de Jesus, tornando a justiça divina presente neste mundo.
Destes ensinamentos extraímos a finalidade última de Deus para nós. O Chamado do Divino para que entremos nas estradas que nos levarão até a eternidade ao seu lado.
Atender este chamado é a nossa missão nesta Terra. Se me perguntarem meu maior objetivo nesta vida, responderei: - Conhecer Deus.
Muitas vezes, estive diante de minúsculas situações que pareciam simplesmente fatos comuns do dia-a-dia, mas analisando-os friamente, lá pude visualizar a forma bela que Deus utiliza para nos mostrar a felicidade. Às vezes, durante as horas do dia, as coisas não corriam segundo a minha vontade, eu me precipitava, em pensamentos negativos e culpava-me por não ter conseguido alcançar o que almejava, sempre esquecendo desligado o “botão” que em meu ser me ligava a Deus.
Ficava me atormentando na dúvida, por que será que eu não consegui atingir este objetivo, ou fazer tal coisa, etc.? Às vezes as questões múltiplas dentro de meu ser, me levavam a abismos imaginários que eu me debruçava na beira dos precípios sempre com medo de cair nas suas profundezas.

Nestes momentos, mesmo sem pedir ajuda alheia, muitas pessoas se antecipam e nos dão suas opiniões. Outras, que possuem luz própria, não expressam em palavras, mas acolhem nossas tristezas e dissabores com um sorriso, um gesto de amor. Outros, ignorantes da lei divina, costumam escarnecer de nossas dores, tentando-nos com expressões baixas, ameaças, verdadeiras chacotas, a fim de enviar-nos para suas dimensões negativas.
Quanto sofrimento pode ser evitado, quanta alegria pode ser vivida na Terra, se tivermos a consciência ligada diretamente nos ensinamentos divinos.
Conheço muita gente que gosta de parecer moderna e tem medo de assumir seu lado crente, atendendo aos chamados do mundo, entregando momentos preciosos de sua vida, aos prazeres efêmeros e destrutivos.
Podemos ter uma vida muito construtiva, sem precisar alardear aos quatro ventos nossas escolhas, mas temos que ser firme na luta contra o maligno. A porta para o que não é divino precisa ficar sempre fechada.
As tentações são muitas, vindas de todos os lados, mas para quem tem fé, a fortaleza divina jamais nos deixa sozinhos pelas estradas.
Ter o prazer em ver a lei divina ser cumprida, para mim significa esperar sempre em Deus, e procurar entender seus desígnios. Somos humanos sujeitos a erros, falhas, pecados. Deus nosso Pai, não se cansa de nos perdoar, mas temos que aprender a perdoar aos outros também. É muito fácil só pedir perdão para os nossos erros, mas temos que aceitar primeiramente que não estamos sozinhos na Terra, e precisamos compreender que todos estão sujeitos à mesma lei. Perdoar, amar, renunciar, procurar melhorar a cada dia, em algum aspecto de nossas vidas, libertar-nos de nossos vícios e pecados, é o que Deus espera de nós. Façamos a nossa parte, com boa vontade e fé.
Façamos agora nossa pequena pausa para meditação e buscando melhoras para nosso ser em evolução, seguiremos adiante com o coração leve e a esperança em momentos melhores.
Podemos ser árvores frondosas, e além de fornecer nossos frutos, poderemos fornecer sombras para os outros viajantes que passarem por nós, muito cansados da jornada.


Biografia:
-
Número de vezes que este texto foi lido: 28624


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Salmo 7 Aradia Rhianon
Poesias Salmo 6 Aradia Rhianon
Artigos Salmo 5 Aradia Rhianon
Poesias Salmo 3 Aradia Rhianon
Artigos Salmo 2 Aradia Rhianon
Artigos Salmo 1 Aradia Rhianon

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 131 até 136 de um total de 136.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Conto de natal - Angelita Penalva 6 Visitas
Eu confesso; está difícil aguentar a minha profissão. - CLAUGILDO DE SA 5 Visitas
PULMÃO DO MUNDO - Tércio Sthal 5 Visitas
VOCÊ ME DESCONSERTA - Alexsandre Soares de Lima 5 Visitas
NÃO VÁ EMBORA! - Alexsandre Soares de Lima 4 Visitas
FERIADO - Alexsandre Soares de Lima 2 Visitas
CORPO E ALMA - Alexsandre Soares de Lima 2 Visitas
ESSE LUGAR TÃO BONITO - Alexsandre Soares de Lima 2 Visitas
Narrativas da vida real - BENEDITO JOSÉ CARDOSO 2 Visitas
UMA JANELA ABERTA - Alexsandre Soares de Lima 1 Visitas

Páginas: Primeira Anterior