Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Louco Vocabulário
Bia Cantanti

Louco vocabulário. Só o que conheço: intenso, fatal, fenomenal. O vocabulário coloquial emudece, resume-se a suspiros incessantes, murmúrios incoerentes.

Olho mas não vejo nada, a razão me falta!! Meu vocabulário de fato some, se encolhe, e jamais existe novamente.

O que me faz perder-me desse jeito? O que ocorre em meu ser para ocorrer tal emoção, insensato vazio da palavra... No vácuo da comunicação, só ouço minha respiração!

Tento novamente: vocábulo, vírgula, monossílaba, ponto e vírgula, ponto, um substantivo, talvez, mas sem adjetivo. Repentinamente, lembro-me de uma saudação, cumprimento de ocasião, nada audacioso; simples e cauteloso.

Tento, gaguejo, sai um arquejo. Meu coração palpita, fica maluco, me distraio, penso que quase desmaio.

Louco vocabulário! Abro a boca e sai uma língua desconhecida, uma mistura de metáfora com cacofonia. Jamais me arriscaria! Porém, como a situação exigia, acabei por me entregar, sem peso e sem medida, expelindo toda uma melancolia. Junto com tal descuidada expressão, sai meu coração, disparado, completamente desgovernado.

Tento manter-me centrada. Novamente, montar uma sentença, para não ser julgada sem inteligência – no entanto... hiato! Penso na interação, mas o que ocorre é uma descomunal sensação; não me lembro, esqueço-me da composição de uma oração, dos elementos principais, tento começar pelo fim: ponto-final, e tudo ficaria igual.

Minha mente é banhada, milagrosamente, por uma certa conexão. Penso em uma bela frase, surge do âmago de meu sentimento, subtraída da esquina de um tormento.

Ela me chega de supetão, sinto-me assustada a princípio, mas completa então, como uma doce melodia. Vejo que esta é a minha frase preferida: um sujeito, um pronome e um verbo. Pronto, aí está, e sai de dentro, de repente, com muito sustento:

- Eu te amo.

Por fim, uma frase completa: um sujeito, um pronome e um verbo. Ah, verbo intransitivo, nem precisa de complemento.

Louco vocabulário de um coração desenfreado, neste momento tão sublime e esperado!



Biografia:
Formada em Letras, fascinada por Linguagem. Escritora iniciante, gostaria de trocar ideias com profissionais desta área pelo blog: www.muitomaisbiacantanti.blogspot.com
Número de vezes que este texto foi lido: 35260


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Como foi o seu dia? Bia Cantanti
Poesias Às vezes Bia Cantanti
Crônicas 366 dias e um milhão de emoções Bia Cantanti
Crônicas Tempo de reflexão - agora ou nunca Bia Cantanti
Crônicas O dom da dúvida Bia Cantanti
Crônicas Seu maior bem Bia Cantanti
Poesias Existe alguém mais bela do que eu? Bia Cantanti
Poesias Quem espera sempre cansa! Bia Cantanti
Poesias Outra face, um novo enlace Bia Cantanti
Poesias Um dia com sabor de novo Bia Cantanti

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 14.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
Se eu pousar no teu peito... - johnmaker 46437 Visitas
A Sombra e a Escuridão - johnmaker 44356 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 43879 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 43750 Visitas
A Profecia Lírica Do Fim Do Meu Tempo - johnmaker 43747 Visitas
O Cônego ou Metafísica do Estilo - Machado de Assis 43743 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 43741 Visitas
Arrastando uma asa... - johnmaker 43736 Visitas
Jazz (ou Música e Tomates) - Sérgio Vale 43735 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 43730 Visitas

Páginas: Próxima Última