Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
(Des) Ilusões
LUCIANO MENDES


Me afogando neste mar de Ilusão
Sendo tragado pelas correntes da Decepção
Inutilmente abrindo as portas do meu coração
Mais uma vez meu esforço foi em vão

Sou um Ícaro em seus efêmeros momentos de Esperança
Sou a inocente Mentira dos pais, contada para a criança
Sou um Cristo acreditando nas palavras de um Judas
Sou um pobre Diabo, cuja vida nada muda

Acreditando em falsas promessas, jogadas ao vento
Tentando descobrir a origem de tanto Sofrimento
Sou o Eterno Marido, da obra de Dostoiévski
Meus nobres sentimentos esvanecidos como um floco de neve

Que nesta trágica comédia Shakespeariana chamada de Amor
Eu seja um reles figurante e não seja seu principal ator
Que o Destino, com suas icônicas ironias
Me conceda um sopro de Esperança nesta Vida

© By Urban Tinker & L.M. (:(


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 202


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Sonho LUCIANO MENDES
Poesias (Des) Ilusões LUCIANO MENDES
Poesias Es)/(His)tórias LUCIANO MENDES
Poesias Escravo De Uma Utopia LUCIANO MENDES
Poesias Falsidades Luciano Mendes
Poesias Fuga Luciano Mendes
Poesias (Des )Ilusões Luciano Mendes


Publicações de número 1 até 7 de um total de 7.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
TOMO TUDO - sigmar montemor 39785 Visitas
Lamento - FERNANDO 39607 Visitas
Desabafo - 38937 Visitas
viramundo vai a frança - 38443 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 37610 Visitas
Faça alguém feliz - 37157 Visitas
Vivo com.. - 36390 Visitas
Parabéns, Daniel Dantas! - Carlos Rogério Lima da Mota 36328 Visitas
eu sei quem sou - 35309 Visitas
camaro amarelo - 35121 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última