Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Caminhos para uma nova gestão do trabalho na era tecnologia
Flora Fernweh

Conforme a frase atribuída a Charles Darwin, não é a espécie mais forte que sobrevive, nem a mais inteligente, mas sim aquela que melhor se adapta às mudanças. De modo análogo, o profissional do futuro não é aquele que simplesmente executa suas atividades conforme sua formação, mas sim aquele que se adapta às exigências de um mercado em vias de tornar-se cada vez mais competitivo e sistematizado. Ou seja, o futuro profissional é multidisciplinar e para que se possa evoluir, a competência de adaptação é um fator imprescindível.

Apesar de a globalização ter expandido horizontes e facilitado a comunicação, tendo a tecnologia como importante aliada e motivadora, a mentalidade arcaica de que em alguns anos a concepção de sucesso será a mesma, juntamente com a ideia de que profissões hoje prestigiadas, terão o mesmo renome futuramente, persistem. Segundo dados de uma pesquisa realizada em 2017 com jovens entre 15 e 18 anos pela Universidade de Oxford, um percentual de cerca de 46% pretende seguir carreiras consideradas hoje tradicionais, por exemplo. Em contrapartida, analisa-se uma gradativa conscientização em relação às perspectivas do trabalho no futuro, e às vantagens que a modernização e o aperfeiçoamento das profissões pode trazer.

Além de uma maior especialização e do domínio de conhecimentos ligados à programação, informática e linguagem digital, as profissões do futuro não exigirão meramente conhecimentos teóricos, sua aplicação será fundamental, assim como a versatilidade diante de desafios que deverão ser solucionados, o exercício da empatia, a criatividade, o raciocínio ativo e ágil e um senso mais aguçado de coletividade, por mais que o trabalho remoto, amplamente requerido durante o contexto da pandemia, possibilite uma menor interação. Estudos apontam que além de mais especializadas, as profissões do futuro também serão mais flexíveis, permitindo que o profissional de determinada área atue em outras. Por meio da análise dos dados relacionados aos investimentos de inúmeras universidades em estudantes interessados em profissões que lidam diretamente com robótica e tecnologia, por exemplo, percebe-se o potencial desses setores em um futuro não tão distante.

Diante de um cenário transitório entre o presente e o futuro, das possibilidades, desafios, incertezas e exigências, é fundamental o investimento em programas sociais e escolares que elucidem o futuro do mercado de trabalho aos jovens, como a inserção do componente "projeto de vida" nas escolas, por meio do Ministério da Educação, visando a conscientização dos jovens na busca por seu futuro.


Biografia:
Sobre minha pessoa, pouco sei, mas posso dizer que sou aquela que na vida anda só, que faz da escrita sua amante, que desvenda as veredas mais profundas do deserto que nela existe, que transborda suas paixões do modo mais feroz, que nunca está em lugar algum, mas que jamais deixará de ser um mistério a ser desvendado pelas ventanias. 
Número de vezes que este texto foi lido: 33829


Outros títulos do mesmo autor

Artigos A escrita é o novo divã Flora Fernweh
Contos Reflexão: ENEM 2020 Flora Fernweh
Haicais Parto Flora Fernweh
Artigos Moradia e acessibilidade Flora Fernweh
Contos Em prol da humanidade Flora Fernweh
Artigos Autoeficácia na gerontologia Flora Fernweh
Contos Efeito tóxico Flora Fernweh
Poesias Desangústia em ói maior Flora Fernweh
Artigos Análise da Marselhesa e da obra A Liberdade guiando o povo Flora Fernweh
Poesias Educação em pregos Flora Fernweh

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 195.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 56336 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 46833 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 44290 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 43204 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 42595 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 42486 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 42407 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 42073 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 42013 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 41989 Visitas

Páginas: Próxima Última