Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Criação
valmir viana

Resumo:
Vocação nasce com o tempo invisível.

Houve na cidade do país chamado de Brasil, um fato que tocou a muitos, nasceu uma criança que gostava.
por natureza da poesia, pois com seus poucos anos de vida, realçava todo um estilo pelo que a de melhor nas palavras.
Com uma folha de papel traçava aquilo que lhe convem, no mundo repletos de amores não correspondido,   seu pulso era marcado pela princesa que passava pela porta, sempre quando saia da escola.Transferindo sua enorme vontade de compor versos nasce no dia ensolarado sua CRIAÇÃO.
No pensamento surgia palavras, idéas, opiniões cheia de luzes palpitando do seu interior. Construil versos em papeis de segredos, que só o amor contem a chave para um ocêano das artes.
Os anos passaram, ficando na estrada tal dom produzido, repleto de flores, onde o perfume decifra inventos sem iguais.O menino agora reflete a imagem no lago onde borbulha o primeiro instante da nobre arte de fazer versos.
Houve sempre um momento de inspiração em sua jornada, com seus amigos e amigas,ondeguardavaa vôz dos brinquedos e das florestas, terra e chão.
E o mundo foi concretizado em apuros e vazios, e completo agora mora na rua chamada País .


Este texto é administrado por: Valmir Jose Nunes Viana
Número de vezes que este texto foi lido: 50540


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Opinião valmir viana
Poesias Árvore valmir viana
Poesias Canção valmir viana

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 21 até 23 de um total de 23.


escrita@komedi.com.br © 2022
 
  Textos mais lidos
Ser por não - Anderson C. D. de Oliveira 319 Visitas
Der poente - Anderson C. D. de Oliveira 318 Visitas
Meu grande amor - Eduarda Novaes 315 Visitas
FALSA EMOÇÃO - Alexsandre Soares de Lima 313 Visitas
Espaço - Anderson C. D. de Oliveira 307 Visitas
O querer - Anderson C. D. de Oliveira 304 Visitas
EU ME CUIDO - Alexsandre Soares de Lima 304 Visitas
Ser ornas - Anderson C. D. de Oliveira 299 Visitas
Doravante - Anderson C. D. de Oliveira 298 Visitas
Poente doente - Anderson C. D. de Oliveira 296 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última