Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Ruínas da alma
Luís Eduardo Fernandes Vieira

Somente o poeta
Juntou as ruínas de um mundo desfeito
E de novo o fez uno

Deu fé de beleza nova,
Peregrinou por suas veredas
Matas e vales celebrou
A própria má sina

Purificou com sua alma
As infinitas ruínas
Assim o fez

O aniquilador tornou-se mundo!


Biografia:
http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=803553379569265793
Número de vezes que este texto foi lido: 54699


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O Arado Luís Eduardo Fernandes Vieira
Ensaios Sobre a morte do compositor austríaco Luís Eduardo Fernandes Vieira
Poesias Andante Spianatto Luís Eduardo Fernandes Vieira
Releases Andar em círculos Luís Eduardo Fernandes Vieira
Artigos Sobre o primeiro Ensaio para um grupo de Teatro Luís Eduardo Fernandes Vieira
Teatro A Historia de Sambo Luís Eduardo Fernandes Vieira
Poesias Ruínas da alma Luís Eduardo Fernandes Vieira
Poesias Os Sem Terra Luís Eduardo Fernandes Vieira
Poesias rojo Luís Eduardo Fernandes Vieira

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 19 de um total de 19.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
🔴 Conto de fardas - Rafael da Silva Claro 54720 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 54719 Visitas
viramundo vai a frança - 54719 Visitas
🔴 O animal do Pânico - Rafael da Silva Claro 54719 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54719 Visitas
Oração do amanhecer - Ivone Boechat 54719 Visitas
CENSURAR, PRA QUÊ ? - BENEDITO JOSÉ CARDOSO 54718 Visitas
Mais um - Ivone Boechat 54718 Visitas
Por quê o RS demorará para ser reconstruído? - Vander Roberto 54717 Visitas
Carta para Sophie Scholl nº 2 - Junho/2024 - Vander Roberto 54717 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última