Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Centenário do Juventus da Mooca
Vander Roberto

O Clube Atlético Juventus completou 100 anos neste 20 de Abril de 2024. As comemorações ficaram restritas ao jantar na sede do clube nesta data tendo a participação do grupo Demônios da Garoa, duas exposições sendo uma no estádio Conde Rodolfo Crespi e outra no Shopping Ibirapuera, uma corrida de rua na semana seguinte de 10 e 5 Km. Tristemente, o estádio não foi aberto ao público ao não ser para a exposição na parte de aquecimento da equipe, não foi fechada a tradicional Rua Javari para um evento musical (os Demônios da Garoa poderiam estar lá), não foi pensada atividades infantis em frente ao estádio, nenhuma celebridade do passado apareceu para uma tarde de autógrafos e muito menos foi divulgado nas ruas o centenário, informação restrita ao site do clube. A torcida compareceu em pequeno número ficando no Bar do Tostão na Rua Javari e para surpresa de muitos, o Presidente do Juventus deu as caras por lá, não para beber e sim confraternizar juventinos(as) mais fanáticos(as) como eu que tirei foto com ele. Pessoa educada e finíssima, ele deu dicas sobre o Juventus para a Copa Paulista 2024, confirmando participação e mostrou que o clube fará uma campanha pés no chão. Fica claro que o clube prioriza a A2 em 2025 procurando revelar e botar a equipe para ganhar ritmo para a próxima temporada, afinal, o Juventus não tem calendário nacional em 2024.

A participação do Juventus no primeiro dos dois torneios oficiais organizados pela Federação Paulista de Futebol foi boa. A equipe foi até a semifinal batendo na trave na luta pelo acesso e caso chegasse na final estaria na 1ª divisão em 2025. A equipe sofreu diante do Velo Clube que seria o campeão perdendo o 1º jogo em casa por 1x0, empatou o 2º em 0x0 fora e permanece na A2 em 2025. Foi um torneio de recuperação pois a equipe iniciou muito mal a disputa, tendo 3 derrotas, um empate e uma vitória em 5 jogos. Coisas do destino, o Juventus obteve sua 1ª vitória na 1ª fase diante do Velo Clube na 3ª rodada por 1x0 em casa. Após a chegada do técnico Sérgio Soares, a equipe deslanchou, classificando-se em 6º lugar tendo 6 vitórias, 4 empates e 5 derrotas. Na 2ª fase empatou os dois jogos contra a Ferroviária na semifinal, 1x1 em casa e 0x0 fora, levando as disputas para as penalidades saindo vitorioso por 3x1. Na semifinal, perdeu em casa por 1x0 para o Velo Clube e empatando em 0x0 fora, dando adeus ao torneio e ao acesso. Agora, o foco é a Copa Paulista, torneio que começará em Junho ou Julho.

O Juventus possui títulos importantes em sua história como dois Paulistas A2 em 1929 e 2005, um Paulista A1 em 1934, uma Copa Paulista em 2007, um Brasileiro série B em 1983 que era chamada Taça de Prata. Detém uma Copa São Paulo de Futebol Júnior em 1985 e um Paulista Feminino em 1987. Ele teve uma conquista no exterior sendo Torneio Internacional do Japão em 1974. O Juventus fez partidas históricas com equipes tradicionais como Boca Juniors, Talleres e Atlético Tucumán em 1956, Basel, Roma, Napoli, Sampdoria em 1953, Seleção do Japão e Sporting Lisboa em 1974, só para citar algumas boas e grandes equipes conhecidas pelo mundo. A equipe grená da Mooca sempre foi uma pedra no sapato aos grandes paulistas e durante décadas obtendo vitórias ou empates impensáveis. Uma visita no site do clube (www.juventus.com.br) poderá dar uma ideia sobre pessoas importantes na sua centenária história como Elias Pássaro (massagista por 49 anos no clube), Clóvis Nori (jogador e treinador chamado de professor tendo busto na Javari), Sérgio Mangiullo que fundou a primeira torcida oficial do clube chamada Ju-Jovem, Antônio do Cannoli (senhor que faz os doces nos dias de jogos) e etc.          

Aos torcedores e torcedoras, o Juventus precisa virar a página e começar a recolocar-se em outro patamar no futebol paulista e nacional nos próximos anos através de profundos investimentos focando em longo prazo. Um programa precisa ser trabalhado em detalhes, o centenário esfriará após 2024 e a torcida perguntará: e agora? É sabido que o clube precisará de nova mentalidade, superar o passado e reconstruir um time competitivo capaz de trazer mais torcedores(as) para a família Juventus. A última conquista juventina data de 2007 na Copa Paulista, após 2008 o Juventus saiu do cenário nacional e está restrito aos estaduais paulista tendo participado da A3 e mais constantemente da A2. É também um assíduo frequentador da Copa Paulista e nos últimos anos este torneio não tem obtido resultados efetivos tendo participações modestas e até péssimas. Tudo isto é bem pouco para o Juventus que necessitará de gente capacitada e entendida de futebol, mostrando como fazer para acontecer. No momento, desejo parabéns ao Juventus nesta data tão importante que é um centenário e que venham objetivos mais ambiciosos em breve. Parabéns, Clube Atlético Juventus de São Paulo e da Mooca!      










Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 54819


Outros títulos do mesmo autor

Artigos Estupro é crime e não opção! Vander Roberto
Artigos Testei o Debian LXDE para 32 e 64 bits Vander Roberto
Artigos Já estudou Filosofia da História hoje? Vander Roberto
Artigos O estudo da História é vital para não ser escravizado Vander Roberto
Artigos Análise da obra: "História do Brasil: uma interpretação" Vander Roberto
Cartas Carta para Sophie Scholl nº 2 - Junho/2024 Vander Roberto
Cartas Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 Vander Roberto
Artigos A conquista da Atalanta e a resiliência Vander Roberto
Artigos Plano de Recuperação de Desastres Vander Roberto
Artigos Experiência com o Positivo Stilo One Vander Roberto

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 143.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
AÇÃO DE REPARAÇAO CIVIL EX-DELICTO - francisco carlos de aguiar neto 54887 Visitas
O vovô e a vovó - Helena Regina Santarelli M. de Campos 54843 Visitas
Cata-ventos - Joseph Shafan 54843 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 54842 Visitas
A LENDA DOS SETE MARES - Saulo Piva Romero 54841 Visitas
Pilatos e a imparcialidade - Patrícia 54840 Visitas
Moinhos - Joseph Shafan 54840 Visitas
Como pode? - micro conto - Joseph Shafan 54839 Visitas
Post Mortem - Europa Sanzio 54838 Visitas
Canto da Lira - Joseph Shafan 54838 Visitas

Páginas: Próxima Última