Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
🔴 O capitão e o sindicalista
Rafael da Silva Claro


Foi engraçado ver uma molecada recepcionando Bolsonaro nos aeroportos. Sob as palavras de ordem “1,2,3... 4, 5, 1000, queremos Bolsonaro presidente do Brasil”, eu tinha certeza, estavam tirando um barato para postar no ‘Facebook’. Afinal, o “Capitão” era “vendido” como um truculento filhote da Ditadura segurando uma granada sem pino.

Pois, aquele militar folclórico, mais caricato do que temido, que frequentava o programa “trash” ‘Superpop’ e era praticamente um humorista do CQC se tornou super popular, reunindo multidões.

Embora tentem grudar a imagem de um terrorista pronto para destruir a democracia com um golpe, o povo já entendeu que é justamente o contrário (os golpistas são os que acusam) e lota o caminho do ex-presidente.

O Lula, contrariando as expectativas, não exibe a leveza de um presidente recém-eleito. Pessoalmente, ele não possui a existência plena e bem resolvida de um senhor de 78 anos bem vividos, recém-casado e cheio de filhos e netos. Diferente do que seria óbvio, Lula se mostra uma criatura raivosa, vingativa, “um pote até aqui de mágoa”. Diagnóstico à distância: em vida, essa alma jamais terá sossego.

O “Sapo Barbudo” sempre povoou seu palanque com uma claque disfarçada de diversidade (uma diversidade confeccionada na 25 de Março). O eterno líder sindical cospe suas mentiras (“o Brasil tem 735 milhões de pessoas passando fome”) e é aplaudido por uma parede de focas amestradas (dispostas a ovacionar qualquer absurdo). Com a falácia lulista, seus eleitores estão desembarcando da nau sem rumo. Pois eu prevejo, cansada de bater palmas para um celerado mitômano, sua plateia selecionada começará a apupá-lo.

Um povo pacífico, empreendedor e conservador teve que aceitar um mandatário beligerante, xenófobo, retrógrado e estatista. Isso não poderia dar certo. Alguns jornalistas e grupos de comunicação insistem em disfarçar os erros governamentais porque são irrigados com “milhões” de motivos para fazê-lo.

O petista tem um decisivo litígio com sua primordial razão de vida; mas como seguiu as facilidades de trilhar um caminho sedutor, mas errado, exibe a intranquilidade existencial.



Biografia:
Ensino secundário completo. Trabalhei em várias empresas, fora da literatura. Tenho um blog, onde publico meus textos: “Gazeta Explosiva” Blogger
Número de vezes que este texto foi lido: 54743


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas 🔵A mansão dos mortos Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Os esquerdistas invadem a América Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Atila, o rei dos energúmenos Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Os políticos fazendo a festa Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Vestidos para matar de rir Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 O Homem-Falência Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Entre meias e gravatas Rafael da Silva Claro
Crônicas 🔵 Machucado: o soco que nunca existiu Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Aos que eram felizes e não sabiam Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Meia-boca [Piada grátis, no final do texto] Rafael da Silva Claro

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 429.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 54813 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 54808 Visitas
DIVINO SER - Ivan de Oliveira Melo 54808 Visitas
Carta para Sophie Scholl nº 2 - Junho/2024 - Vander Roberto 54806 Visitas
🔴 Atila, o rei dos energúmenos - Rafael da Silva Claro 54806 Visitas
viramundo vai a frança - 54803 Visitas
A força do recomeço de empresários atingidos pelas enchentes - Isnar Amaral 54802 Visitas
MENINA - 54800 Visitas
sei quem sou? - 54800 Visitas
Hoje - Waly Salomão (in memorian) 54799 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última