Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Resultado do PISA em 2023
Vander Roberto

O resultado do PISA (Programme for International Student Assessment) neste Dezembro de 2023 trouxe lembranças traumáticas. O governo juntamente com o MEC trata de apontar possíveis "culpados(as)" pelo insucesso no PISA divulgado. A bola da vez é o Ensino a Distância, vulgo EAD. O ensino a distância não é algo recente vindo desde o século XIX por correspondência. Estudantes de famílias ricas trocavam informações técnicas sobre diversas áreas com professores dando os primeiros passos ao que viria ser chamado EAD. No século XX temos a chegada dos cursos profissionalizantes por correspondência sendo os mais famosos o Instituto Universal Brasileiro e o Monitor que diz ser o pioneiro nisto. Somente na entrada do século XXI foi permitido o EAD para Graduação e Pós-Graduação como é conhecido hoje.

Qual o problema do EAD no Brasil atual? Ele está engessado na seguinte estrutura:

*Aulas gravadas.

*Provas com alternativas objetivas ou combinação V/F.

*Material apostilado em PDF.

*Polos só para fazer matrícula e retirar diploma sem apoio real ao aluno ou aluna.

A grande maioria está nisto sendo bem pouco para um mercado cada dia mais exigente. O MEC realmente reclama com justa razão. Aulas ao vivo não podem ser deixadas de lado e discentes recebem material desatualizado ou até obsoleto.    

O método de avaliação também é ruim. Questões objetivas não indicam que o(a) discente saiba o conteúdo acertando por sorte. O ideal é fazer trabalhos escritos e provas presenciais nos polos com questões dissertativas sofrendo correção posterior pelo(a) docente.

O material em PDF é extenso, cansativo, já tive uma única matéria com 150 páginas para ler, assuntos explorados exaustivamente em diversas matérias, não tendo nenhuma atividade prática no polo que vira ponto de matrícula e retirada de diploma.

Dentro deste cenário, o MEC e o governo irão brecar Licenciaturas e algumas Pós pois está bem abaixo do esperado. Há universidades EAD particulares que são boas? Sem dúvida! No Brasil há centenas de instituições no método EAD e isto é preocupante pela baixíssima qualidade.

No caso do EAD eu fiz Graduação e 3 Especializações por este método conhecendo também a Univesp que é pública. O diferencial desta é sua docência e a profundidade do material com exigente quantidade de trabalhos e nada mais. As aulas também são gravadas.

Por outro lado, botando fim na questão do EAD, o MEC tem sua parcela de culpa pois autoriza estes cursos ruins. Ele tem mais parcela de culpa que as instituições que ofertam cursos de baixíssima qualidade. É fácil pegar um bode expiatório como docentes formados(as) pelo EAD.

Devemos entender que o processo educacional não envolvem somente docentes e instituições cabendo ao discente e seus pais, a plena formação com qualidade, coisa que não está sendo feita. A divulgação do PISA mostrando que o uso de celulores pouo contribui ao ensino é uma indireta aos pais que não controlam o uso do dispositivo pelos(as) filhos(as). Resumindo no popular: o pessoal fica no celular e não estuda.

Não quero estender-me neste texto. Aos alunos e alunas, eu indico que comprem livros impressos, leiam, façam exercícios exaustivamente, leiam muito e não só PDF, procurando livros com fontes confiáveis. Não fiquem só naquilo que o professor ou professora passa em sala de aula, busquem livros atuais em bibliotecas públicas e caso não tenham, acionem o Ministério Público, o MEC, a Secretaria de Educação e etc.

Façam muitos exercícios e solidifiquem os conceitos em Exatas. Leiam História, Geografia e Filosofia. Esta última é a base da construção do saber. Sem isto vocês não irão a lugar algum, terão péssimos empregos com más remunerações e ficarão de cara feia reclamando do azar na vida. Falo pelo bem de vocês pois suei muito e estou desempregado! Desliguem os celulares e estudem mais por livros impressos. Eles não mordem.

Não podemos aceitar a mediocridade como certo jornalista citou com justíssima razão. Vamos estudar com seriedade. Ficar desempregado não é fácil. Não desejo o mesmo para os filhos e filhas da minha pátria. Mudemos. Diga não ao negacionismo e combata a ignorância. Bons estudos.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 54711


Outros títulos do mesmo autor

Artigos Testei o Debian LXDE para 32 e 64 bits Vander Roberto
Artigos Já estudou Filosofia da História hoje? Vander Roberto
Artigos O estudo da História é vital para não ser escravizado Vander Roberto
Artigos Análise da obra: "História do Brasil: uma interpretação" Vander Roberto
Cartas Carta para Sophie Scholl nº 2 - Junho/2024 Vander Roberto
Cartas Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 Vander Roberto
Artigos A conquista da Atalanta e a resiliência Vander Roberto
Artigos Plano de Recuperação de Desastres Vander Roberto
Artigos Experiência com o Positivo Stilo One Vander Roberto
Artigos Paulista Sub-23 de 2024 Vander Roberto

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 142.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Amores! - 54782 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 54781 Visitas
DIVINO SER - Ivan de Oliveira Melo 54779 Visitas
eu sei quem sou - 54778 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54777 Visitas
Desabafo - 54776 Visitas
Dores da paixão - Ivone Boechat 54776 Visitas
Leite com Pimenta - Rafael da Silva Claro 54771 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 54770 Visitas
A força do recomeço de empresários atingidos pelas enchentes - Isnar Amaral 54770 Visitas

Páginas: Próxima Última