Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
MOMENTO DE REENCARNAR
Momento de reencarnar
Henrique Pompilio de Araujo

Resumo:
Quando é que sabemos o momento certo de reencarnar. Estando no outro mundo, vamos saber o momento certo de reencarnar

MOMENTO DE REENCARNAR
     Temos as regras dos reencarnes em O livro dos Espíritos, mas em virtude da transição planetária, estas regras mudaram muito.
     É preciso lembrar que ao desencarnar, a pessoa precisa fazer alguns reajustes no mundo espiritual. Aqui na terra (queira ou não queira) a pessoa ficou sempre ligada às coisas materiais, pois ela precisava sobreviver. À gente só se dedica as coisas espirituais nas horas vagas, quase sempre. Chegando lá o espírito vai ter que passar por três momentos antes de tomar qualquer decisão. A)Ele precisa fazer uma adaptação ao mundo espiritual, desconectar-se do mundo material, procurar entender o mundo material. Ele chega do outro lado meio perdido e precisa saber que está desencarnado e aceitar a nova situação. Isto vai de alguns minutos a alguns anos conforme o aprimoramento do espírito. Quanto mais cedo ele sair desta situação, melhor para ele. B)Refletir o que ele fez nesta terra, se praticou mais o mal ou se praticou mais o bem. Qual o saldo desta vida. Acertou muitas contas? Fez muitos débitos? Fez muitos inimigos? Recuperou alguns inimigos de vidas passadas? Está melhor ou pior que antes? C) Preparar-se para uma nova reencarnação. Neste caso ele vai ter que ir a procura de seus familiares e alguém vai ser o pai, alguém vai ser a mãe. Estes são fundamentais, depois vêm irmãos, tios, primos, etc. Estes nem sempre são programados na vida espiritual. Podem até se reencontrar, mas o outro está também fazendo as mesmas contas. O pai e a mãe são fundamentais. A família espiritual quase sempre anda junta e tem contas a acertar. Havendo merecimento, o espírito pode também optar por continuar na espiritualidade. Neste caso ele procura um trabalho permanente por um longo tempo.
     Diz o livro dos Espíritos que os espíritos reencarnam de alguns minutos a vários anos. O livro falta também que é necessária uma longa preparação no mundo espiritual para haver um reencarne. Mas esta lógica mudou muito, pois há muita gente que retorna sem fazer um planejamento espiritual. Ele vem cumprir o planejamento da reencarnação anterior e faz apenas alguns reajustes.
     Por exemplo: uma pessoa que assassinou outra, este espírito fica tão revoltado que passa a obsediar o seu matador imediatamente. Ele não terá sossego, mas vem a se casar, o obsessor reencarna imediatamente para ajustar as contas.
     Outra pessoa extremamente ligada a outra, quando vem a desencarnar, pode imediatamente reencarnar e se aproximar da pessoa querida. Ela quer continuar junto. É o caso das famosas almas gêmeas.
     As pessoas muito endividadas, se não forem expulsas da terra, terão prioridade no reencarne, pois no mundo espiritual sofrem muito. Estas pessoas procuram os parentes mais próximos para reencarnarem.
     Os casos acima foram exemplos que tenho ao vivo de pessoas conhecidas que desencarnaram e já retornaram. Entretanto os reencarnes normais demoram uma média de 50 anos, pois estas pessoas vão sim fazer uma programação para o seu bem e o bem da humanidade.
     Onde estas pessoas vão reencarnar? Quase sempre em algum membro ainda de sua família, pois as famílias espirituais andam sempre juntas, tanto aqui na terra como no mundo espiritual.
     Só que agora com a transição planetária e a chegada do mundo de regeneração, muitos espíritos não vão mais renascer nesta terra e irão para outros planetas que tenham as mesmas vibrações deles. Poucos espíritos vão continuar aqui e já estamos vendo isto, pois os filhos de hoje não querem mais ter filhos. Muitos optam por um filho só, alguns com apenas dois e a grande maioria não querem mesmo é ter filhos. Daí o reencarne se torna cada vez mais difícil e por isto já contamos esta como a nossa última reencarnação sobre esta terra. Façamos o bem o quanto possível para levar a nossa mala cheia, do contrário vamos chegar do outro lado sem nada.


Biografia:
Henrique Pompilio de Araújo, nascido em Campo Mourão PR e radicado em Cuiabá MT. Começou a escrever desde cedo. Professor aposentado, bacharel em Direito e Teologia. Trabalhou em diversas escolas em Cuiabá e alguns jornais do Estado. Publicou sua primeira obra em 1977: Secos & Molhados - Poemas. Ultimamente publicou outros livros: "Flores do Além" Poemas, "Contos da Espiritualidade" - Contos, "Nas curvas da vida" Memórias, "Cinquenta contos" Contos. Há muitas obras ainda esperando edição.
Número de vezes que este texto foi lido: 53202


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios COMO VIVER MAIS DE CEM ANOS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios COLÔNIA DAS ÁGUAS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios CIÊNCIAS OCULTAS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios CIDADES UMBRALINAS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios Chico deu continuidade às obras de Kardec Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios AVISO DOS PLEIADIANOS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios Almas gêmeas, existem ou não existem? Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios A minha missão na terra Henrique Pompilio de Araujo
Poesias A escuridão é poderosissima Henrique Pompilio de Araujo
Poesias Energia dos Espíritos Henrique Pompilio de Araujo

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 62.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
JASMIM - evandro baptista de araujo 69080 Visitas
ANOITECIMENTOS - Edmir Carvalho 57979 Visitas
Contraportada de la novela Obscuro sueño de Jesús - udonge 57634 Visitas
Camden: O Avivamento Que Mudou O Movimento Evangélico - Eliel dos santos silva 55905 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 55224 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 55205 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 55085 Visitas
Sobrenatural: A Vida de William Branham - Owen Jorgensen 54962 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 54953 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 54939 Visitas

Páginas: Próxima Última