Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Conheço a ti
Anderson C. D. de Oliveira

Como conheço a ti,
Perdoei tuas faltas,
Passei a mão na tua cabeça,
Perdoei a tua divida,
E você cospe no prato.

Eu te perdoei tudo,
E você sempre ameaça,
E quando menos quero,
Você sempre em quer mal,
E sempre quis ser seu melhor amigo.


Biografia:
Olá, me chamo Anderson C. D. de Oliveira. Sou escritor há dezessete anos e vim aqui publicar textos bons e de alta qualidade. espero que apreciem meus trabalhos. Adotei o nome de Gumer Navarro. Obrigado por acessarem meus textos.
Número de vezes que este texto foi lido: 54717


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Reto Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Se expressar Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ser ornas Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Doravante Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ser ter Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Posso fazer Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Der por Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Poente doente Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Der poente Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ser poente Anderson C. D. de Oliveira

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 2012.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
eu sei quem sou - 54812 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 54808 Visitas
DIVINO SER - Ivan de Oliveira Melo 54808 Visitas
Carta para Sophie Scholl nº 2 - Junho/2024 - Vander Roberto 54806 Visitas
🔴 Atila, o rei dos energúmenos - Rafael da Silva Claro 54806 Visitas
viramundo vai a frança - 54803 Visitas
A força do recomeço de empresários atingidos pelas enchentes - Isnar Amaral 54802 Visitas
MENINA - 54800 Visitas
sei quem sou? - 54800 Visitas
camaro amarelo - 54798 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última