Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Laço celestial
Pedro Vieira Souza Santos

Dos amores terrenos podemos listar vários nos quais temos grande consideração: materno, conjugal, próprio e outros mais. Contudo, na condição de humanos falhos e marcados por imperfeições, um tipo especial de amor nos é ofertado: o amor de Cristo. Um dos questionamentos mais profundos do Apóstolo Paulo é expresso na carta aos Romanos, na qual interroga: “Quem nos separará do amor de Cristo?”.     
     Das incertezas que nos acompanham em nossa trajetória como peregrinos nessa terra, diversas são as que tentam ofuscar o brilho do amor celeste. Como citara Paulo, a tribulação, a angústia, ou perseguição, ou fome, ou perigo, ou espada; muitas são. Mas, se atentarmos bem para a realidade, o que nos conforta é saber que somos propriedade de Deus. Ele nos escolheu e não nós que o escolhemos; sim, Ele nos amou primeiro. Tal fato é revelado em 1 Pedro 2:9: “Vocês, porém, são geração eleita, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.”
     Essa aliança é firmada com base no sangue que foi derramado em uma cruz. Há amor maior? Não podemos nos distrair com situações temporais! A verdade é que esse amor nos alcança de um modo único, revelado através das maravilhas que Deus faz em nossas vidas todos os dias. Martinho Lutero certa vez citou: “fiz uma aliança com Deus e estou satisfeito com as Escrituras Sagradas que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há de vir.”
     E assim Noé afirmou: "Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembra­rei da aliança eterna entre Deus e todos os seres vivos de todas as espécies que vivem na terra". Quão grande manifestação de amor é esta, em cada amanhecer a renovação de sua misericórdia para conosco e a cada oração uma chance de acesso à fonte de bênçãos divinal.


"Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor."

               Romanos 8:38-39



Biografia:
Mestre, Engenheiro e Cristão.
Número de vezes que este texto foi lido: 53251


Outros títulos do mesmo autor

Discursos O alvo Pedro Vieira Souza Santos
Artigos Laço celestial Pedro Vieira Souza Santos
Discursos Obrigado! Pedro Vieira Souza Santos
Poesias Em tudo Deus está! Pedro Vieira Souza Santos
Poesias Nosso intelecto, Nossas responsabilidades Pedro Vieira Souza Santos
Poesias Deus, autor da minha fé. Pedro Vieira Souza Santos
Poesias Intercaminhando Pedro Vieira Souza Santos


Publicações de número 1 até 7 de um total de 7.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
JASMIM - evandro baptista de araujo 69078 Visitas
ANOITECIMENTOS - Edmir Carvalho 57975 Visitas
Contraportada de la novela Obscuro sueño de Jesús - udonge 57627 Visitas
Camden: O Avivamento Que Mudou O Movimento Evangélico - Eliel dos santos silva 55902 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 55221 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 55195 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 55070 Visitas
Sobrenatural: A Vida de William Branham - Owen Jorgensen 54958 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 54936 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 54926 Visitas

Páginas: Próxima Última