Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
OS IRMÃOS
MOTIVACIONAL
Jonas B. Vasconcelos

OS IRMÃOS - ( MOTIVACIONAL )
Os Dois Lados do Exemplo......
João é um empresário bem-sucedido, mora em um apartamento de cobertura numa região nobre da cidade.
Naquela manhã como fazia sempre, beijou a esposa fez a sua oração e após tomar café com a família levou os filhos ao colégio e foi para sua empresa.
Cumprimentou os funcionários, deu bom dia a sua secretária. Naquele dia João, como sempre tinha muitos afazeres. Uma série de decisões importantes a serem tomadas, contratos a assinar, reunião agendada fornecedores para atender. Sentindo a secretária nervosa lhe disse: D. Rosilene temos muitas coisas para resolver hoje, mas é só ter calma e fazer uma coisa de cada vez que tudo dá certo.
Os compromissos programados foram resolvidos com normalidade, então João foi em casa almoçar com a família. No retorno ao serviço examinou o balancete da empresa ficou satisfeito com o atingimentos das metas estabelecidas e do SUPERÁVIT alcançado naquele exercício. Satisfeito e feliz autorizou uma gratificação para todo o corpo de empregados.
No final do expediente ele passou no mercado, jantou com sua família e na sequência foi dar uma palestra motivacional de 'Como Ter Sucesso na Vida'.
Enquanto isso no outro lado da cidade, encontramos o Mário, desempregado e logo cedo foi para o boteco do seu Zé, jogar sinuca, papear com os amigos e beber. Ele chegou nervoso sobretudo porque a mulher havia lhe deixado.
Também quem viveria com uma pessoa assim? Ocioso, bebendo diariamente e morando de favor num quartinho nos fundos da casa de um amigo.
Naquele dia bebeu em demasia, sem ter como pagar foi posto no olho da rua onde ficou prostrado em total solidão.
Apenas o mecânico quis ajuda-lo, saber a razão de estar no fundo do poço. . _ Mário então desabafa. Sabe Chico, a razão do meu fracasso foi minha família, meu pai foi péssimo exemplo, bebia, batia na minha mãe, não parava em emprego, tive uma vida miserável. Minha mãe faleceu por falta de cuidado eu sair de casa
revoltado com a vida e com o mundo. Eu tinha um irmão gêmeo o João que também saiu de casa no mesmo dia num rumo diferente. Nunca mais nos vimos, mas com certeza deve estar vivendo da mesma forma que eu.
Na outra parte da cidade, João finalizando a sua palestra sofre um aparte de um estudante do auditório querendo saber o segredo do seu sucesso como empresário e como homem generoso.
João sorrir e responde. Sabe meu jovem! Eu acho que foi minha família, meu pai bebia muito, não parava em emprego, batia na minha mãe, levávamos uma vida miserável então após a morte de minha mãe sair de casa decidido que não queria essa vida para mim e nem para minha futura família. Eu tinha um irmão gêmeo que se chama Mário, saímos de casa no mesmo dia mas, tomou outro rumo e nunca mais nos vimos, mas com certeza deve esta vivendo do mesmo modo que eu.
Não emitirei um conceito moral do conto.
Ele fica a critério do leitor.
Comente, critique, opine......
Compartilhe.
Autor: Jonas Vasconcelos.
                                   


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 54711


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Conselho De Preto Velho Vovô Jonas Jonas B. Vasconcelos
Crônicas Por que sentimos dor? Jonas B. Vasconcelos
Contos O Sumiço do Relógio. Jonas B. Vasconcelos
Crônicas Semente do Amanhã. Jonas B. Vasconcelos
Crônicas Somos Espelho. Jonas B. Vasconcelos
Crônicas O Cerebro Jonas B. Vasconcelos
Contos Agora Inês e. Morta Jonas B. Vasconcelos
Contos Uma Realeza Terrestre. Jonas B. Vasconcelos
Crônicas A Tartaruga e o Escorpião. Jonas B. Vasconcelos
Crônicas Vamos Refletir Juntos. Jonas B. Vasconcelos

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 57.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Vocabulario nipo-brasileiro (UDONGE) - udonge 54970 Visitas
Amores! - 54865 Visitas
Desabafo - 54853 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54844 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 54843 Visitas
Dores da paixão - Ivone Boechat 54841 Visitas
Vivo com.. - 54839 Visitas
A menina e o desenho - 54835 Visitas
Leite com Pimenta - Rafael da Silva Claro 54835 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 54834 Visitas

Páginas: Próxima Última