Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Violência Ativa
Mayra Alcione Musa Fonseca

Resumo:
Breves reflexões sobre o mundo atual.


É de extrema importância que coloquemos em debate, esse flagelo que se alastra por nossos tempos.
“A Violência”, incrível como dia a dia esses casos aumentam com uma velocidade alarmante, onde vamos parar; como podemos conviver com isso tudo e simplesmente calar!
     Onde foram parar o respeito e a dignidade dessas pessoas, como podemos conter essa avalanche que se anuncia e o desmoronamento de uma sociedade, das famílias.
     Creio que muitos se fazem essa pergunta, o que podemos fazer para mudar essa situação. Até onde vai nossa responsabilidade perante isso. Como estamos criando nossos filhos, que exemplos estamos dando a eles, bons exemplos éticos e morais?
È difícil olhar para dentro de nós mesmos e procurar culpas, engolir nosso orgulho, despir-nos das hipocrisias que cercam nosso mundinho social.
     Onde sempre é mais fácil apontarmos o dedo, jogarmos pedras, e simplesmente vestir um terno branco impecável que esconde muitas vezes os lixos de nossa casa interior.
     Estamos ocupados demais, construindo fortunas perecíveis e esquecemos-nos de cultivar os valores que realmente importam na vida, os bens da alma, da moral, dignidade, palavras essas que estão cada dia mais, fora de nosso vocabulário.
A inveja e a cobiça, os sete pecados capitais testando e reprovando uma sociedade, que se mostra em plena rota de colisão.
Cada um de nós é responsável, muitos erram por falta de conhecimentos enquanto outros se aproveitam dos erros desses e assim criamos uma corrente de desunião, de desajustes psicológicos e ambientais, famílias destruídas, lares corrompidos, o desamor e o ódio imperam soltos.
A caridade e a solidariedade estão sendo deixada em segundo plano, pois com tanta barbaridade a sangrar os olhos, cria-se uma insegurança total.
Vejo as igrejas cheias, terá esse povo mesmo tanta fé, quantos lobos se escondem atrás de pobres ovelhas, que nem sonham com o perigo iminente.
O perdão, onde andará! Que sabemos Jesus pregava, o perdão é o balsamo da alma, e fora da caridade não há salvação.
As mídias dia a dia despejam milhares e milhares de noticias, em sua maioria, t fruto desses desajustes e de fenômenos que não podemos explicar.
Vamos acordar, vamos tomar as rédeas dessa possante nave azul antes, que seja tarde demais, o próprio planeta já mostra os sinais para que deixemos o comodismo de lado e realmente façamos algo ou daqui a bem pouco tempo não haverá sobreviventes pra contar o final dessa história. Conscientização e desenvolvimento sustentável esse tem sido o lema de muitos estudos, porém não é o que se vê na prática, pois trocam a plantação de alimentos, que sustentam a população, para alimentar as máquinas e a ganância dos povos, não enxergam o que tão fazendo!
Vamos, quem sabe faz a hora não espera acontecer, como dizia Vandré, vamos salvar nosso mundo vamos, mais fé, determinação honestidade e união, se cada um puxar para um lado não saímos do lugar, mais se todos se unirem conseguiremos, um por todos e todos por um!
E como na lição do Betinho, sejamos aquele beija-flor se cada um fizer sua parte, conseguiremos!

09/05/2008      Mayra Alcione Musa
blogda mayramusa,<http://mayraalcione.zip.net/>


Biografia:
Nascida em 29 de setembro de 1963em Urupês, no estado de São Paulo, aos sete mudei-me para Campinas, desde o colégio apontou-se o talento para as artes, principalmente poesias e crônicas, Recebi menção honrrosa pela poesia" Cíntilar de Rosas" em 1985 pela editora shogun, tive Participação no livro"Salvados do Incêndio" 1986 pela editora codepoe Era membro da União Brasileira de trovadores UBT-Campinas, quando então presidente minha saudosa amiga e escritora "Josefina da silva carvalho " após casamento afastei-me dos movimentos literários mais nunca deixei de compor tenho vários trabalhos e gostaria de obter um espaço dentre nobres companheiros para expo-los a vossas apreciação! visitem tambem meu blog
Número de vezes que este texto foi lido: 54697


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Refúgios Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Retrato do meu Eu Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Talvez Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Meu Rei Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Sintonia de Amor Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Teu Universo Mayra Alcione Musa Fonseca
Crônicas Desenvolvimento Sustentável Mayra Alcione Musa Fonseca
Artigos Camada de Ozônio - Sinal de Alerta Mayra Alcione Musa Fonseca
Crônicas Violência Ativa Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias caça ou caçador Mayra Alcione Musa Fonseca

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 26.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Amores! - 54782 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 54781 Visitas
DIVINO SER - Ivan de Oliveira Melo 54779 Visitas
eu sei quem sou - 54778 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54778 Visitas
Dores da paixão - Ivone Boechat 54777 Visitas
Desabafo - 54776 Visitas
Leite com Pimenta - Rafael da Silva Claro 54771 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 54770 Visitas
A força do recomeço de empresários atingidos pelas enchentes - Isnar Amaral 54770 Visitas

Páginas: Próxima Última