Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
EU SOU DE OUTRO MUNDO
Alexsandre Soares de Lima



Vou me soltar
Estive muito tempo preso
Ouvindo que este mundo irá mudar
E não mudou
Pois o fim dele é vai ser sempre o mesmo,
A dor.
Vou me soltar
Não vou me calar
Não vou ser mandado pela dor
Não sou obrigado a ser enganado
Faço de minha vida um desejo intenso
Desejo de não se acostumar
Vou me soltar
Vou me esparramar
No mundo da felicidade
Eu sou de outro mundo
Desse mundo real
Que nunca falha
Que sempre nos revela uma saída
Vou me soltar
Vou num vôo sem destino
Sem dúvida
Sem aliança com metade
Pois sou pleno
Minha alma é felicidade
Minha vida é o infinito
Vou me soltar
Só assim irei bem longe
Longe daqui deste mundo enganador
Sou de outro mundo
Me chama a luz do amor
Não vejo a hora de tocar o chão
Da minha terra que se chama poesia.

( Autor: Poeta Alexsandre Soares de Lima)


Biografia:
Eu me chamo Alexsandre Soares de Lima, nasci em Meriti, no Rio de Janeiro no dia 22 de abril de 1976. Sou o poeta que fala da importância de viver na luz do amor. Sou autor de dois livros de poesias, o primeiro lançado em 1996 ( ENGRENAGEM) e o segundo lançado em 2005 ( COM O OLHAR FIXO NA ALMA ). Escrevo diariamente poesias na minha página do Facebook ( POETA ALEXSANDRE SOARES DE LIMA ), já publiquei em diversos jornais e revistas. Tenho canal no YouTube, se chama POEMAS DO OLHAR FIXO NA ALMA, em cada vídeo eu crio na hora poesias sobre amor, amizade, solidariedade e fé em Deus. Meu lema é VAMOS ESPALHAR O PERFUME DO AMOR E DA POESIA PELO MUNDO!
Número de vezes que este texto foi lido: 33764


Outros títulos do mesmo autor

Poesias ESTRUTURA Alexsandre Soares de Lima
Poesias FEITO DO AMOR Alexsandre Soares de Lima
Poesias SUBLIME AZUL Alexsandre Soares de Lima
Poesias VIEMOS AO MUNDO PARA SERMOS FELIZES Alexsandre Soares de Lima
Poesias PERDE E GANHA Alexsandre Soares de Lima
Crônicas UMA COISA QUE MUITO ME INCOMODA: A FRIEZA Alexsandre Soares de Lima
Poesias MÃOS A CULTIVAR CARINHO Alexsandre Soares de Lima
Poesias O PEDIDO DO AMOR Alexsandre Soares de Lima
Poesias A CHUVA E A LEMBRANÇA Alexsandre Soares de Lima
Poesias DUAS CRIANÇAS Alexsandre Soares de Lima

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 1930.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Os Morcegos - Nato Matos 34211 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 34211 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 34204 Visitas
Um dia serei algo - José Rony de Andrade Alves 34198 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 34183 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 34182 Visitas
A tristeza no Nordeste - Wanessa Daiana de Brito 34158 Visitas
Pou, a Majestade Não-Zoombi - Alice Silva 34148 Visitas
Conexão - Luca Schneersohn 34135 Visitas
Tempo - Luiz Fernando Sacramento Lusoli 34112 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última