Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Os desafios omitidos pelas películas
Flora Fernweh

O filme “A invenção de Hugo Cabret”, ambientado em Paris, o berço da linguagem cinematográfica, retrata o embrião das produções em um contexto de efervescência cultural, no qual é nítido o impacto da estratificação social no acesso aos meios de entretenimento propiciados pelo desenvolvimento tecnológico. De modo análogo, persiste no Brasil contemporâneo, a elitização dos canais de expressão artística de modo geral, e a errônea ideia de que o cinema não é um elemento moldador de valores sociais.
     Apesar do preconceito existente em relação à importância da veiculação de filmes, dados da Agência Nacional do Cinema evidenciam que vêm crescendo nos últimos anos, a presença das classes menos abastadas e a inserção de grupos minoritários em salas de cinema e nos círculos de discussão acadêmica. Desde o período em que o Brasil esteve sob um regime ditatorial marcado pela censura dos meios de comunicação, o cinema não é encarado a partir de uma perspectiva positiva, o que pode ser observado no incentivo à produção massiva de filmes com finalidade comercial, enquanto que as produções de viés cultural direcionadas a todos os segmentos populacionais foram amplamente reduzidas e consideradas más-influenciadoras.
     Com o advento da industrialização, os centros urbanos passaram a gerenciar a vida econômica, política e cultural. Desta forma, camadas rurais e periféricas não dispuseram de concessões ligadas ao acesso aos cinemas. Em diversas localidades, obstáculos relacionados à qualidade de vida da população são vistos como prioridade, enquanto que a informação, a cultura e a educação básica não recebem a devida importância. Somado a isso, deflagra-se a busca incessante pelo conhecimento prático em muitas localidades, em detrimento do saber de construção e de formação do indivíduo.
     Diante do cenário de impasses no processo de democratização do acesso ao cinema no Brasil, é fundamental o papel do Ministério da Cultura com o apoio do Governo Federal e da Ancine, no providenciamento de métodos de infraestrutura que estimulem o acesso fácil em áreas situadas longe dos grandes centros culturais, por meio da consolidação de políticas públicas e de privilégios àqueles que se mobilizam em prol das mídias. Desta forma, com o objetivo de tornar a participação popular mais efetiva, garante-se a adesão ao cinema de todas as esferas sociais e a disseminação do saber artístico e cultural.


Biografia:
Sobre minha pessoa, pouco sei, mas posso dizer que sou aquela que na vida anda só, que faz da escrita sua amante, que desvenda as veredas mais profundas do deserto que nela existe, que transborda suas paixões do modo mais feroz, que nunca está em lugar algum, mas que jamais deixará de ser um mistério a ser desvendado pelas ventanias. 
Número de vezes que este texto foi lido: 55


Outros títulos do mesmo autor

Sonetos Bile negra Flora Fernweh
Crônicas Poupe-me, passado Flora Fernweh
Frases Conhecer é sofrer? Flora Fernweh
Artigos Preconceito linguístico Flora Fernweh
Poesias Mar noturno Flora Fernweh
Frases Teoria do amor Flora Fernweh
Crônicas Pretérito mais-que-perfeito Flora Fernweh
Frases Compromisso Flora Fernweh
Poesias Caminhos para uma nova gestão do trabalho na era tecnologia Flora Fernweh
Crônicas O ensurdecedor silêncio de adolescer Flora Fernweh

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 133.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 66715 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55332 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43818 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 43575 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43457 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41011 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 41004 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 40290 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 39480 Visitas
Lamento - FERNANDO 39383 Visitas

Páginas: Próxima Última