Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
QUARENTENA
somenteescrevo



Deixo aqui meus sentimentos nesses versos
Que há momentos que minh'alma e o peito gela
Tantas mortes mexe com o psicológico
Quantos que sairão salvos sem sequela?

O ir e vir agora nos é cerceado
Liberdade.. esperamos a volta dela
Pra sentir de novo o calor humano
Que a vida só se vê pela janela

Porém digo a todo ser sobrevivente
Que essa angustia que se sente é controlável!
Se te está dilacerando o coração
Vai orando que surte um efeito admirável!



**Porque todo que invocar o nome do senhor será salvo**

(Romanos 10:13)


Biografia:
não me considero poeta, escrevo há muitos anos, porque gosto e por lazer.em minhas poesias retrato meus sentimentos e pensamentos, coisas do cotidiano,a vida como um todo. cresci convivendo com repentistas e tomei gosto.

Este texto é administrado por: escrevo
Número de vezes que este texto foi lido: 33852


Outros títulos do mesmo autor

Haicais A Revoada Somenteescrevo
Poesias Maria vai com as outras Somenteescrevo
Cordel UM CORDEL PARA MANOEL somenteescrevo
Poesias GATO DANADO! somenteescrevo
Haicais PERIGO! somenteescrevo
Poesias O GRANDE CONCERTO! somenteescrevo

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 16 de um total de 16.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
Nós - Anderson C. D. de Oliveira 0 Visitas
Surtir - Anderson C. D. de Oliveira 0 Visitas
frase 217 - Anderson C. D. de Oliveira 0 Visitas
PECADO É DESISTIR DE UM GRANDE AMOR - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
Doente - Anderson C. D. de Oliveira 0 Visitas
Crer - Anderson C. D. de Oliveira 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior