Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
As loucuras da Pandemia
Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro

As loucuras da Pandemia


Fora os apertos que o isolamento trazem
E, o que tantos fazem.
Uma reportagem no Primeiro Impacto do dia 3/4/2020, me fez pensar, como pode alguém tomar álcool 70% em gel?
Doença? Talvez, não é hora de tirar o "barato",
O chato é que temos no Brasil e no mundo,
Pessoas viciadas no álcool ou em outras drogas pesadas,
E as loucuras que fazem no dia a dia, já nos causa de preocupação, quanto mais nessa pandemia.
As pessoas devem parar e se apressar para não caírem em tentações, e hora de não ter loucura, e sim muitas orações.
É hora de pedimos calma, e não sermos gananciosos, e sim sabermos nos proteger uns aos outros.
As pessoas fazem loucuras, estocam botijão de gás, soltam bandidos das penitenciárias, e assaltam mercados.
Esquecem dos demais. E nesse momento é para termos e buscar a Paz, e não fazermos loucura.
Vi em uma rede social, um homem que colocou luva, máscara, mas a tentação foi maior, e no próprio mercado antes do caixa, abriu um pacote de salgadinho. Esse é outro louquinho.

Poesia manuscrita em SP dia 3/4/2020.
Transcrita com exclusividade para esse site.
Ofereço a jornalista Márcia Dantas, #primeiroimpacto. E, a todos nós. Aos leitores desse site e de muitos outros. Paz, bem e muita saúde a todos nós.
Téka Castro.


Biografia:
Filha de imigrantes portugeses: Deonilde e Francisco. Casada há 21 anos com Eduardo Riveiro Castro, mãe de Alexia Cristina, Emmanuel e Anna Clara. Formada em Química, pós graduada em Educação.Escreve desde a tenra idade. Participante de várias antologias literárias, assina como Téka Castro, ama escrever, e lecionar, é ambientalista e espiritualista. Luta pela questão de justiça para todos em especial para professores da Rede Pública, que não têm privilégio algum, e sim hoje em dia, sobre muitos maus tratos pelos governantes,pela população em geral, que acredita que o professor deve educar e esquece do papel do que é ser pai, ou mãe. Não aceita inversão de valores. Téka Castro
Número de vezes que este texto foi lido: 389


Outros títulos do mesmo autor

Poesias As loucuras da Pandemia Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Poesias Positividade Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Discursos Desabafo de um post do face Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Discursos Rosh Hashaná e outros pensares Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Poesias Manuscrita Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Poesias Sou tua Mãe, e me assassinas!!! Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Poesias Simbologia Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Poesias Minha Vida Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Poesias "Sem Título" Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Cartas Família Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 11.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 68364 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55700 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44388 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44118 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43745 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 42398 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 42080 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41348 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41267 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 39757 Visitas

Páginas: Próxima Última