Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O MEDO
BENEDITO JOSÉ CARDOSO

O MEDO

O medo é a doença do momento.
O medo é tão horrendo
Que tem o poder de transformar de um jeito
A vida do ser humano com medo

O medo está mais presente
Constante no dia a dia
Mais do que deveria
O medo sinceramente
É o que está dando mais medo na gente

O medo de deitar-se
Dá medo só em pensar
Sonhar com a pandemia e não resistir
Já nem me atrevo por medo insistir

Gostaria

Poder acordar desse pesadelo sem medo
Mas que medo que dá só em pensar

Apertar as mãos;
Arriscar um abraço;
Um beijo acalorado...
Sair por ai e respirar o ar
sem medo de se contaminar

Abrir as portas da casa para a visita inesperada entrar,
Sem precisar isolar

Fingir que não existe o vírus,
o tal covid-19,
é o mesmo que mentir

O medo estará sempre presente enquanto tudo não passar

Temos mesmo é que ter a coragem de enfrentar o medo
E não o medo de admitir…

Estamos vivendo um estado de medo
Sitiados em fim
Enquanto tudo não passa
Fiquemos em casa sim

Neste isolamento social
Mais vale o medo
a nos manter vivos
Que o mal a nos consumir






Biografia:
"As obras do artista só têm valor, quando consegue atingir a sensibilidade daqueles que entendem"
Número de vezes que este texto foi lido: 619


Outros títulos do mesmo autor

Cordel A TELA DA DOR BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias Belém do Grão Pará BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Cordel “SANTO LICOR” BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Crônicas “Um cenário de barbárie” BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Cordel A ULTIMA LIGAÇÃO BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Cordel “POBRE WALDEMAR” BENEDITO JOSÉ CARDOSO

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 131 até 136 de um total de 136.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
CAMINHO POR VERSOS LIVRES - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
MINHA MULHER DO AMOR - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
EU TENHO VALOR - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
Transgressões - Mário Dias 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior