Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Poeira vira barro
Somenteescrevo




   A chuva molhou
   Gato escorregou
   Caiu do telhado


Biografia:
não me considero poeta, escrevo há muitos anos, porque gosto e por lazer.em minhas poesias retrato meus sentimentos e pensamentos, coisas do cotidiano,a vida como um todo. cresci convivendo com repentistas e tomei gosto.

Este texto é administrado por: escrevo
Número de vezes que este texto foi lido: 33763


Outros títulos do mesmo autor

Haicais A Revoada Somenteescrevo
Poesias Maria vai com as outras Somenteescrevo
Cordel UM CORDEL PARA MANOEL somenteescrevo
Poesias GATO DANADO! somenteescrevo
Haicais PERIGO! somenteescrevo
Poesias O GRANDE CONCERTO! somenteescrevo

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 11 até 16 de um total de 16.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Um dia serei algo - José Rony de Andrade Alves 34353 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 34347 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 34340 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 34327 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 34309 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 34309 Visitas
A tristeza no Nordeste - Wanessa Daiana de Brito 34277 Visitas
Pou, a Majestade Não-Zoombi - Alice Silva 34259 Visitas
Conexão - Luca Schneersohn 34238 Visitas
Tempo - Luiz Fernando Sacramento Lusoli 34218 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última