Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Mundo Animal
Mayra Alcione Musa Fonseca


Dos caminhos que trilhei,
Um dia encontrar a paz tão sonhada!
Meu coração divaga emoções,
E dores que tento disfarçar,
Mais que por mais que eu tente esconder,
Vai me escapando, como areia nos vãos dos dedos.
Em minha mente confundem-se as emoções,
E já nem sei o que é ódio ou amor!
Sei apenas que em meu ser,
Renovam-se e cada dia descobre uma emoção,
Emoção de viver, de sentir, de poder amar,
Cada grão de areia, cada pétala de flor,
Cada bichinho que se aproxima de mim.
E cada dia mais me decepciono com o ser humano.
Que nada mais é que o mais insensível dos animais!
Que apesar de toda razão,
Tornam-se cada dia mais frio, calculista,
Que não perde uma oportunidade,
Para passar a perna no próximo,
Às vezes chego a ter vergonha,
De ser da mesma espécie,
Pois a cada dia que passa,
Parece que mais se alastra,
Esta peste que é a ambição,
O homem é um animal,
E os animais tornam-se homens
A cada dia que passa,
E cada dia mais, se solta os animais,
Enjaulam-se os homens,
Invertendo-se os papéis.
Essa situação não pode continuar,
O ser humano precisa se conscientizar
De que o melhor caminho a seguir,
É o da paz, do amor, e da solidariedade,
É o único caminho para a felicidade,
E não é matando uns aos outros que conseguiremos
Muitas coisas, muitas mágoas ficaram.


Mayra Alcione Musa


Biografia:
Nascida em 29 de setembro de 1963em Urupês, no estado de São Paulo, aos sete mudei-me para Campinas, desde o colégio apontou-se o talento para as artes, principalmente poesias e crônicas, Recebi menção honrrosa pela poesia" Cíntilar de Rosas" em 1985 pela editora shogun, tive Participação no livro"Salvados do Incêndio" 1986 pela editora codepoe Era membro da União Brasileira de trovadores UBT-Campinas, quando então presidente minha saudosa amiga e escritora "Josefina da silva carvalho " após casamento afastei-me dos movimentos literários mais nunca deixei de compor tenho vários trabalhos e gostaria de obter um espaço dentre nobres companheiros para expo-los a vossas apreciação! visitem tambem meu blog
Número de vezes que este texto foi lido: 54706


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Refúgios Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Retrato do meu Eu Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Talvez Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Meu Rei Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Sintonia de Amor Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias Teu Universo Mayra Alcione Musa Fonseca
Crônicas Desenvolvimento Sustentável Mayra Alcione Musa Fonseca
Artigos Camada de Ozônio - Sinal de Alerta Mayra Alcione Musa Fonseca
Crônicas Violência Ativa Mayra Alcione Musa Fonseca
Poesias caça ou caçador Mayra Alcione Musa Fonseca

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 26.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Vocabulario nipo-brasileiro (UDONGE) - udonge 54959 Visitas
Amores! - 54851 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 54831 Visitas
Desabafo - 54826 Visitas
Dores da paixão - Ivone Boechat 54826 Visitas
Leite com Pimenta - Rafael da Silva Claro 54825 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54823 Visitas
🔴 Conto de fardas - Rafael da Silva Claro 54820 Visitas
A menina e o desenho - 54816 Visitas
Vivo com.. - 54813 Visitas

Páginas: Próxima Última