Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
PASSADOXPRESENTE
Elias Leoncio de Souza

Em um passado imperfeito
Passei por um estreito
Perdi uma linda morena
Senti fortes dores no peito

Por causa dessa morena
Participei de uma cena
Eu era o único ator
Vivendo o maior dilema

Era uma linda morena
Parecia ser de cinema
Nos amávammos feito loucos
Assim como dois atores
Sentíamos o cheiro das rosas
Éramos dois beija-flores

E quando me lembro disso
Esqueço que senti dores

Não lembro se eu tremia
Se o meu coração batia
Se a minha pressão caía
Ou então se ela subia
Nem se o meu peito doía

Agora neste presente
Depois de penar um bocado
Livre daquelas correntes
Só ando em caminhos largos

Um passo perfeito e simples
Houve grande confusão
Tornando aquele presente
O dia da imperfeição

Tinhamos um projeto
Havíamos de nos casar
Construríamos a nossa casa
Estávamos a sonhar

Esta é uma história
Que hoje posso contar

Porque no passado imperfeito
Fui eu quem senti os efeitos
De tudo indo pro ar
Meteram bem no meu peito
Uma bomba núclear

Quando fui arremessado
Num canto fiquei acuado
Os olhos arregalados
E o coração disparado

Aí !!!!!!!
Não sobrou foi nada
A tal casa sonhada
O cheiro que a rosa exalava
Nem os sonhos que eu sonhava

O filme que alí rodava
Os atores daquela cena?

Eu disse !!!

Não sobrou foi nada
Nem alinda morena
Que era minha amada

POEMAS DOLICO


Biografia:
Sou casado tenho uma filha e faço poesia assim Hora morando em um sitio Hora visitando a capela Hora no meio dos ricos Mesmo morando em cubículos Jogado em uma favela
Número de vezes que este texto foi lido: 211


Outros títulos do mesmo autor

Poesias SE VC PUDESSE, ABRIRIA A PORTA PARA O AMOR Elias Leoncio de Souza
Poesias PASSADOXPRESENTE Elias Leoncio de Souza
Poesias INVERSÃO DE VALORES Elias Leoncio de Souza
Poesias NAÇÕES UNIDAS Elias Leoncio de Souza
Poesias Nas margens de um rio Elias Leoncio de Souza
Poesias Amantes da matemática Elias Leoncio de Souza
Poesias DEFENSORES DO POVO Elias Leoncio de Souza
Poesias Recém nascido Elias Leoncio de Souza


Publicações de número 1 até 8 de um total de 8.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
RENOVO - Alexsandre Soares de Lima 6 Visitas
FANTÁSTICA CENA - Alexsandre Soares de Lima 6 Visitas
RIO DAS ALMAS 5 IND 14 ANOS - ricardo fogzy 6 Visitas
FALTA - devilirio 5 Visitas

Páginas: Primeira Anterior