Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Recém nascido
Mamae!!!!
Elias Leoncio de Souza

Resumo:
A vida eos sentidos de um feto

POEMAS DULICO

RECÉM NASCIDO

Cheguei!!
Sou novo no pedaço
Agora, eu sou a atração 
Se me quiseres com saúde e vivo
Tem que prestar muita atenção

Vim fazer a diferença
Isso você precisa saber
Vou dar um pouco de trabalho
Mas!!
Com uma enorme vontade de viver

Sou muito delicado
Pois acabei de nascer 
Preciso de cuidados especiais 
Que só você pode ter

Os meus braços, não são tão fortes
Por eles, não pode me erguer 
Os meus ossos são tão fraquinhos
Cuidadooo!!!!!!
Eu acabei de nascer

Na hora de me trocar 
Paciência precisa ter
Quando estiver quase acabando
Vou fazer xixi em você

Mas, oh!!!
Vai ser sem querer
Não adianta me bater
Você tem que entender
Sou apanas um bebê

Quando eu for dormir
Quero ter o meu cantinho
Não posso dormir com você
Pode até ser um bercinho
Com um lindo mosquiteiro
Para me proteger

Olha!!!
Quero sentir o seu cheiro
Contemplar a sua beleza
O afagar das suas mãos
Ver as suas alegrias
E ouvir uma linda canção

Sabe, dentro de você?
Eu percebia a sua tristeza
Também as suas alegrias
Sentia as tuas mãos
E as batidas do seu coração

Foi lá!!!
Que comecei a aprender
A vida não é só alegria
Para podermos sobreviver
Muitas vezes temos que sofrer

A violêcia que todos sofrem
Eu também vou sofrer
A minha hora vai chegar
Vai querer me ajudar
E nada poderá fazer

Diante de tanta corrupção
Disputar com milhões de irmãos
As migalhas de nossos algozes
Em busca de um pedaço de pão

As vezes que teve alegria
Noooooosaaaaa!!!
Como o seu coração batia
Era uma delícia!!!
Enchia-me de energia

Os dias de intensa alegria
Eu sei que você sorria
Seus orgãos funcionavam bem
Do jeito que eu queria

Quando você sorria
Por dentro tudo tremia
Balançava a minha bolsa
E a água que me envolvia

A água que balançava
Com as suas gargalhadas
Meu corpo era tocado
Massagens por todos os lados

Certa vez, não sei porquê
Senti tristeza em você
Seu coração, quaase parou
Enquanto o meu
Noooosaaaa!!!
Como acelerou

Nesses momentos cruéis
Meus nervos se contraiam
O mal que em você batia
Uma parte eu recebia

Ficava subjulgado
Numa bolsa estava guardado
Não sei se me protegia
Se eu tivesse encontrado um jeito
La!! eu não ficaria

O mal que ti assolava então
Tornava-se em contração
Queria me expulsar
Tentava me jogar no chão

Quanto mais me empurrava
Eu achava que me expulsava
Aí é que eu segurava
Com a força que Deus me dava

O ar que em mim batia
Naquele maravilhoso dia
Com o corpo todo doído
Era o dia em que eu nascia

As lágrimas que de você caía
Queriam me enfraquecer
Tão forte o meu coração batia
Tentando ajudar você
Quanto mal aquilo nos fazia
Mas nós conseguimos vencer
Mamãe eu amo você!!!!

POEMAS DOLICO


Biografia:
Sou casado tenho uma filha e faço poesia assim Hora morando em um sitio Hora visitando a capela Hora no meio dos ricos Mesmo morando em cubículos Jogado em uma favela
Número de vezes que este texto foi lido: 28850


Outros títulos do mesmo autor

Poesias SE VC PUDESSE, ABRIRIA A PORTA PARA O AMOR Elias Leoncio de Souza
Poesias PASSADOXPRESENTE Elias Leoncio de Souza
Poesias INVERSÃO DE VALORES Elias Leoncio de Souza
Poesias NAÇÕES UNIDAS Elias Leoncio de Souza
Poesias Nas margens de um rio Elias Leoncio de Souza
Poesias Amantes da matemática Elias Leoncio de Souza
Poesias DEFENSORES DO POVO Elias Leoncio de Souza
Poesias Recém nascido Elias Leoncio de Souza


Publicações de número 1 até 8 de um total de 8.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 69439 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55906 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 47742 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44625 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44285 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43908 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 42954 Visitas
viramundo vai a frança - 41895 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41822 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41537 Visitas

Páginas: Próxima Última