Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
ÁLIBIS
manoel serrão da silveira lacerda

Mostraste-me a Verdade nas poças cavas do [in]Mundo,
E, escondeste-me a Mentira nas ameias de concreto dos Muros.

Às vezes Verdade: sou um lugar pleno no Mundo sem rumo.
N’outras Mentira: sou um lugar vago no Muro sem prumo.

Mas aqui e ali quando não estou onde penso que estou no Mundo;
E, nem estou onde penso que não estou no Muro.
Ó no mesmo Mundo diviso pelo mesmo Muro?
Onde estou? Estou onde todos os meus álibis no [in]Mundo, recitam os versos de Baudelaire contra os Muros.




Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 28513


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O "MITO" DA SECA [A SEXTA PARTE] manoel serrão da silveira lacerda
Poesias ÓCIO manoel serrão da silveira lacerda
Poesias ILHOSES manoel serrão da silveira lacerda
Poesias ANTINOMIA manoel serrão da silveira lacerda

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 61 até 64 de um total de 64.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
GOSTO DO QUE FAÇO? - Maycon Schultze 6 Visitas
ADÃO, A MAÇÃ, EVA E A SERPENTE - Saulo Piva Romero 4 Visitas
Gestão do “clima” do ambiente de trabalho - Isnar Amaral 3 Visitas
O ESQUIMÓ E OS DOZE PINGUINS - Saulo Piva Romero 3 Visitas
TREVAS - Ivan de Oliveira Melo 2 Visitas
Uma vida Cyberlife - Caliel Alves dos Santos 1 Visitas

Páginas: Primeira Anterior