Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
HOMENAGEM AOS FUNCIONÁRIOS DA ESCOLA DONDON FEITOSA
Derlânio Alves de Sousa

Ao meu povo peço licença
Pro meus versos declamar
Como exige sapiência
Pro assunto que vou falar
Desde então lhes agradeço
Caso puderem me escutar
Pois tenho o maior apreço
Pelo âmbito escolar

Pra uma escola funcionar
Com rigor e harmonia
Requer sabedoria,
União entre seus membros,
Cada um fica sabendo
Do papel que deve desempenhar

De inicio quero cumprimentar
Os porteiros e os vigias
O primeiro pelo seu trabalho
De abrir e fechar
Os portões da escola
Permitindo ou proibindo
De alguém sair ou entrar

Já o segundo tem o papel
Da escola guardar
Pois se não tivesse o vigia
O que da escola seria,
Os ladrões certamente roubariam
Até a merenda escolar.

Dando continuidade...
Gostaria de destacar
O papel da merendeira
Pois pra fazer merenda de primeira
Tem que entender de paladar!

Você já pôde imaginar?
Escola sem merenda
Aluno sem merendar?
Deus me livre, e nos defenda!!
De um dia vir acabar
A profissão de merendeira
Pois ninguém vive sem se alimentar

Gente, quero com meus versos continuar
Desta fez quero falar
Do papel da zeladora ou zelador
Que faz tudo com amor
Pro ambiente limpo ficar,

Deus amou a limpeza
Nós também amamos
Pois temos a certeza,
Oh zelador e zeladora.
Da importância de seu ofício
E é, portanto, e por isso,
Que lhes cumprimentamos!

Somos todos diferentes e indiferentes
Disto temos total convicção
Trata-se da adversidade
Pois há profissionais com especialidade
Pra cuidar dessa missão.

Portanto, vai aqui o destaque
Para o atendimento educacional especializado
Que tem dado de conta do recado
Juntamente com nossas cuidadoras
Pois com carinho e habilidade
Cuida das nossas crianças especiais
Tarefa esta, bastante desafiadora.

Merecem a nossa atenção
Os nossos cumprimentos
E muito, muito mais...
Parabéns pelo belíssimo atendimento.

Vez por outra o cenário escolar
Muda de clima,
Alunos por indisciplina
Querem a todos desrespeitar
Ai onde aparece o disciplinador
Com moral e eficiência
Claro, com toda paciência
Mostra seu labor.

Pra esse profissional fica aqui nosso respeito
Os nossos cumprimentos
Pelo trabalho que têm feito!

Como já pedi vossa licença
Liberdade pra falar
Quero portanto, agora mencionar
Antes quero dizer, com prazer e alegria.
Vai aqui os nossos cumprimentos
Ao pessoal da secretaria escolar.

Sabemos do seu trabalho burocrático
Feito no dia a dia
São responsáveis pelos dados,
Registros da escola
Portanto, peço agora
Aplausos para os companheiros da secretaria


Agora eu gostaria
De fazer uma pergunta,
Sem sair do meu itinerário
Já imaginou uma escola sem livros?
Sem biblioteca? Sem bibliotecário?
Portanto, meu amigo,
Estou falando de conhecimento
Pois sem ele seria um sofrimento
A vida seria muito mais precária
Vai aqui os nossos cumprimentos
A nossa bibliotecária!


Estamos na era do conhecimento
Dos avanços da tecnologia
Difícil pra nós seria
Se não tivéssemos o celular, o computador...
É um pouco constrangedor
Pra quem trabalha lá,
No laboratório de informática.
Muitos computadores com defeito
Portanto, não dá exercer sua função direito
Devido a essa problemática.
Sabemos que é de grande valia
O trabalho do técnico de informática
Se não fosse a esse descaso,
Sua missão muito bem faria.
Merece então nosso respeito
Portanto, com a mão no peito
Recebe nossos cumprimentos
Com muita fé e alegria!

Jamais deixaria de aqui salientar
A importância dos nossos educandos
Eles são a razão e o motivo
De sermos e de estarmos
Aqui todos reunidos
Portanto devemos a eles garantir
O pleno direito de estudar

Por falar em aluno
Imediatamente o que vem em meu pensar!
Quem é que o educa?
Quem é com ele que sabe lidar?

Quem é que lhe prepara para a vida?
Ensinado a grande lida
Da alegria e a dor?
Já sei que você sabe,
Disso ninguém duvida.
Estou falando do mestre
Professora, professor.

Não há missão mais árdua no mundo
Do que a de ensinar
De transformar e formar pessoas
A missão de educar,

Portanto com todo respeito
A quem me acho o direto
De tirar o chapéu.
Pois sem dúvida professor,
Somos merecedores
Do prêmio Nobel

Percorrendo a escola toda
Tô chegado na diretoria
Faço aqui uma pequena pausa (...)
Pra dizer que é com muita alegria
Por poder realçar
O papel da coordenadora pedagógica
Que em suma, a sua proposta
É ao professor apoiar.

Pois sem ela não teria nem lógica
O professor planejar
Merece toda nossa atenção,
Nosso carinho e reconhecimento.
A você coordenadora,
Nossos sinceros cumprimentos!

Ah! ... Agora nesse momento ...
Sem palavras pra registrar
Difícil então de falar
Da nossa diretora
Mas poeta em linha reta
Não pode titubear.
Ah ...! mas falar da nossa chefa
Da nossa comandante
Quem não iria gaguejar?!

Professora, seu papel é importante
Tem a missão de a escola dirigir
É responsável por tudo e por todos
Sem ter essa de querer fugir.

Tens competência pra valer!
Portanto, queremos lhe agradecer
Por tão bem saber, a nós dirigir.

Agora pra finalizar
Quero muito agradecer
Primeiro ao papai do céu
                  Pela vida, pelo trabalho, pelo meu ser...

Em seguida agradeço
A todos por terem me ouvido
Sinto-me muito agradecido
Mas ainda quero salientar
Pelo tempo aqui vivido
Por fazer parte de uma equipe
Tão extraordinária
Que faz um trabalho tão bom,
Parabéns a todos!
Viva a escola Dondon!!!
                                              
                             Derlânio alves



Biografia:
Derlânio Alves de Sousa, nascido em 04/01/1976 no município de Aiuaba CE, filho de agricultores, Eneas Alves e D. Santa, é professor de Língua Portuguesa, tem pós-graduação em Língua Portuguesa e Literatura brasileira.
Número de vezes que este texto foi lido: 33874


Outros títulos do mesmo autor

Poesias SEJA BEM-VINDO Derlânio Alves de Sousa
Poesias Metamorfose Derlânio Alves de Sousa
Poesias POR UMA CULTURA DE PAZ Derlânio Alves de Sousa
Poesias Vida Derlânio Alves de Sousa
Poesias Interior Derlânio Alves de Sousa
Poesias Alfabeto da motivação Derlânio Alves de Sousa
Poesias E aí José?! Derlânio Alves de Sousa
Poesias Conectado Derlânio Alves de Sousa
Poesias Nosso Legado Derlânio Alves de Sousa
Corporativo DIÁLOGO COM DEUS Derlânio Alves de Sousa

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 55.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 75713 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 61729 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50138 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 49935 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49476 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 49103 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 48847 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48701 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48661 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 48127 Visitas

Páginas: Próxima Última