Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
E o coração se distancia, de acordo
Sergio Ricardo Costa




Com mais antigo (da saudade)
Campo a esperar a persistência cega
Ao tardiamente cintilarem astros.

Ama também a expressão da vida,
Que amou do mundo e continua só,
Honrando a quem nem sonhou ser quem ama
— A sua própria razão muitas vezes.

Se aviltante no passado,
Agora é uma dádiva abrir os olhos
E o coração sempre vir ser assim,
O seu senhor
Sem vestimenta.

E finge, por mais que isso, o total acerto
Que poderá multiplicar-lhe o ser.


Biografia:
-
Número de vezes que este texto foi lido: 318


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O bostialismo Sergio Ricardo Costa
Poesias Azul que vem sereno pela esquina Sergio Ricardo Costa
Poesias Tem um produto Sergio Ricardo Costa
Poesias Alma de sua alma Sergio Ricardo Costa
Poesias Ah, como eu sei exatamente como é Sergio Ricardo Costa
Poesias No fundo do poço Sergio Ricardo Costa
Poesias A última viagem da vida Sergio Ricardo Costa
Poesias Tem feito Sergio Ricardo Costa
Poesias Memória de esperar Sergio Ricardo Costa
Poesias Tenho fome, tenho sede Sergio Ricardo Costa

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 171 até 180 de um total de 180.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
Violento - Widralino 2 Visitas
Fotos de Perfil - Widralino 2 Visitas
Sábio - Widralino 2 Visitas
Evitar a despedida - Widralino 2 Visitas
QUERIA SER.... - SALETI HARTMANN 2 Visitas
Lixeira - Widralino 2 Visitas
Laços - Widralino 2 Visitas
Bazaste - Widralino 2 Visitas
Eu sou a fome - Widralino 2 Visitas

Páginas: Primeira Anterior