Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Maldita Dor Humana
Leão de Sagita

Até onde vai nossa capacidade de aguentar as coisas da vida? Até onde suportamos as dores mundanas? Eu não falo apenas de dor física, falo de dores emocionais e psicológicas... Um medo, uma frustração, um sonho não vivido, a perda de alguém....
Viemos para este plano como forma de aprendizado espiritual, todos estamos aptos a sentirmos diversas formas e intensidades de dores, somos todos reféns de nossas dores, somos todos criados para isso... Quanto maior a dor maior a evolução, quanto maior o sofrimento, maior o aprendizado. "Mas por que eu? Por que comigo? Pra que tanta dor? Oque eu fiz para merecer?!". Nós não temos culpa, e não podemos levar tudo como algo ruim, tudo tem seu tempo, motivo e razão, mesmo que não aparente isso.
Talvez o pior dos sofrimentos seja perder alguém importante para nós, mas você já parou pra pensar que estava na hora dessa pessoa ir? Todos temos uma missão nesse plano, e quando chega nossa hora, partimos... "Mas não estava na hora, ele não teve culpa, ele não queria isso!". Ninguém quer, um dos maiores medos da humanidade é a morte, não só sua própria, mas a morte em si, ninguém parte quando não está na hora. "Mas foi suicídio, não era hora", claro que era, quantas milhares de pessoas tentam suicídio todos os dias, pessoas que realmente não suportam mais a ideia de fazer parte desse plano, e não conseguem, porque não estava na hora... Se essa pessoa se foi, ela já cumpriu sua missão, ou ela serve como missão para outras pessoas, e que essa dor, futuramente, vire aprendizado.
Existem milhares de tipos de dor, a dor do amor, que castiga a gente a vida inteira, aaaaah e como dói amar, como dói deixar quem amamos... A dor da decepção, quando esperamos muito algo ou alguém, quando planejamos muito algo e não sai como queríamos... A dor de perder um sonho, de não conseguir aquilo que tanto corremos atrás, que tanto nos dedicamos... A dor de ver alguém importante precisando de ajuda e não poder ajudar... A dor da derrota, a dor do medo, a dor do cansaço, físico e mental, a dor de magoar quem queremos bem... E existe uma mistura de todas as dores, talvez a pior delas.... A dor de viver.
Ninguém sabe o porque estamos nesse planos, o porque temos essa vida, e ninguém nunca saberá, mas cabe a nós sermos fortes o suficiente para absorvermos tudo como aprendizado, a final, quem somos nós para nos livrar das dores humanas?! Pobres mortais....

Número de vezes que este texto foi lido: 28618


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Maldita Dor Humana Leão de Sagita
Poesias Confiança Leão de Sagita
Monografias Permissão de felicidade Leão de Sagita
Ensaios Coincidência ou Destino? Leão de Sagita


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
Idade - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 0 Visitas
A LUZ DA EDUCAÇÃO - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
ACREDITAR SEMPRE - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
Tempestade - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior