Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O Outro anencéfalo
Anencéfalo
JACQUES CALABIA LISBÔA

Resumo:
A casa inteira está quase toda adormecida. Em seu próprio laboratório um homem faz uma experiência. Existe dentro duma redoma toda feita de vidro outro anencéfalo pelo tempo envelhecido. O que o tal homem faz com aquele anencéfalo? Por qual razão está ali todo entubado? O fato é que quem faz a experiência é um médico. ---------------------------------------------------------------------------------

A casa inteira está quase toda adormecida.
Em seu próprio laboratório um homem faz uma experiência.
Existe dentro duma redoma toda feita de vidro
outro anencéfalo pelo tempo envelhecido.
O que o tal homem faz com aquele anencéfalo?
Por qual razão está ali todo entubado?
O fato é que quem faz a experiência é um médico.
Penso que o faz para matar o tédio.
O anencéfalo está ligado a tubo e vários fios.
O médico injeta por injeção um líquido em um dos tubos.
O líquido azulado vai descendo pelo tubo até chegar ao anencéfalo.
De repente, o anencéfalo abre os olhos vidrados.
A boca torta do anencéfalo emite um som estranho.
O corpo dele inteiro treme em seguidas convulsões.
Parece que o líquido azulado injetado fez efeito.
Aquele ser que não tem cérebro esta por fim gemendo.
Qual será a força que o mantém vivo?
Será que ela vem dos vários fios?
Não sei dizer.
Com ajuda de um bisturi o médico faz um corte.
Retira de dentro do anencéfalo um figado novo.
Acondiciona-o dentro duma caixa de isopor.
A seguir, costura com agulha fina o local da cirurgia
e de onde retirara o novo fígado do anencéfalo.
O anencéfalo fecha os olhos e parece adormecer.
_ A experiência de hoje deu certo...
Fala o médico ao seu assistente.
_ Leva o fígado ao nosso amigo...
O médico tira depressa o avental e as luvas sujas
e depois joga tudo dentro dum incinerador.
Lava bem punhos e mãos em uma água espumejante.
Já vestido com outras vestes manda o assistente
limpar tudo e fechar o laboratório.
O médico sai do laboratório e segue por um corredor.
Em outra sala ele telefona para alguém e diz:
_ Consegui outro fígado novo...
A voz do outro lado fala:_ Ótimo.
O médico desliga o telefone e dá o dia por ganho.
Dentro do laboratório o anencéfalo envelhecido
fica envolvido em tubos,fios e emergido num líquido.

                  ( J C L I S )

                    18/02/2016
Enviado por Jacques Calabia Lisbôa
Classificação de conteúdo: seguro

Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Biografia:
Adoro escrever Sou poeta desde menino. Já li paraíso perdido de Milton, Os lusíadas de Camões,Poesia e prosa de Edgar Allan Poe. Minha auto biografia estará disponivel em breve.

Este texto é administrado por: Jacques Calabia Lisbôa
Número de vezes que este texto foi lido: 54863


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O Outro anencéfalo JACQUES CALABIA LISBÔA
Poesias FIGURA ESPECTRAL JACQUES CALABIA LISBÔA
Poesias O MENDIGO DA ESCADARIA JACQUES CALABIA LISBÔA
Poesias NOITE NATALINA JACQUES CALABIA LISBÔA
Poesias O Amor Virou Poeira JACQUES CALABIA LISBÔA
Contos O MENOR CONTO JACQUES CALABIA LISBÔA
Poesias O idoso em Nosso Tempo JACQUES CALABIA LISBÔA
Crônicas NA PORTA DO CEMITÉRIO JACQUES CALABIA LISBÔA
Poesias Eu Não Sou Conhecido JACQUES CALABIA LISBÔA
Poesias Direi Quem Me Conhece JACQUES CALABIA LISBÔA

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 31 até 40 de um total de 42.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
A Gardênia de Ícaro - Condorcet Aranha 55166 Visitas
eu sei quem sou - 55155 Visitas
Fazendo bolo - Ana Mello 55150 Visitas
A casa - Ana Mello 55150 Visitas
Cercada - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 55148 Visitas
Como nósa folha seca - Condorcet Aranha 55148 Visitas
INUSITADO... - CLAVIO JUVENAL JACINTO 55147 Visitas
A menina e o desenho - 55147 Visitas
Alada - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 55146 Visitas
Amada - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 55146 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última