Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Poema de coragem
Matilde Diesel Borille

Sol poente em cor outonal.
Poemas de coragem no varal.
Paz no meu meio sorriso.

Canta, canta comigo
meu pequeno rouxinol,
durante a noite,
mesmo no escuro,
nos amanheceres brilhantes,
no meio do dia e da tarde,
e ainda mais:
Permaneça forte. Forte na fé.
Esperança,
qualquer tênue esperança,
sempre será preciosa Esperança.
As lutas, as dúvidas, as paixões...
estão todas dentro dela.
O vazio dela,
sempre será,
definitivamente será só isso,
um imenso vazio.
Para que serve o vazio?




Biografia:

Este texto é administrado por: MATILDE DIESEL BORILLE
Número de vezes que este texto foi lido: 253


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Menino Sol Matilde Diesel Borille
Poesias Tão flores Matilde Diesel Borille
Poesias Poema de coragem Matilde Diesel Borille
Poesias Como mil sóis Matilde Diesel Borille
Poesias Peregrino de coração Matilde Diesel Borille
Poesias Céu lindo Céu Matilde Diesel Borille
Poesias Iluminar-se Matilde Diesel Borille
Poesias Dom de amar Matilde Diesel Borille
Poesias Júbilo Matilde Diesel Borille
Poesias Girassóis na janela Matilde Diesel Borille

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 68.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 65698 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 54822 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43502 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43135 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 42244 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40604 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 39005 Visitas
Amores! - 37321 Visitas
Desabafo - 36693 Visitas
Faça alguém feliz - 35031 Visitas

Páginas: Próxima Última